Pular para o menu

Nova política da Petrobras ameaça 8 mil empregos no RN

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

As recentes declarações do presidente da Petrobras Roberto Castello Branco a um grupo de empresários no Rio de Janeiro garantindo que a empresa vai concentrar até 2020 as atividades de exploração e e produção de petróleo e gás natural nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo repercutiram no Rio Grande do Norte, um dos estados que mais produziram petróleo nacionalmente.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Nova política da Petrobras ameaça 8 mil empregos no RN

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

As recentes declarações do presidente da Petrobras Roberto Castello Branco a um grupo de empresários no Rio de Janeiro garantindo que a empresa vai concentrar até 2020 as atividades de exploração e e produção de petróleo e gás natural nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo repercutiram no Rio Grande do Norte, um dos estados que mais produziram petróleo nacionalmente.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Juízes alertam para decisões do STF que ameaçam direitos trabalhistas

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A presidenta Dilma Rousseff denunciou por vezes que o golpe consumado pelo Senado não era apenas contra o seu mandato, mas contra os direitos dos trabalhadores. A passos acelerados, os trabalhadores enfrentam o avanço de uma política que ameaça direitos trabalhistas e tenta impor uma reforma que estabelece como regra não o direito legalmente assegurado, mas o que for “negociado” numa desigual correlação de força em que o trabalhador é o lado mais fraco.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

SINDIPETRO-RN repudia ameaça de venda de campos maduros

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Com profunda indignação, a Diretoria Colegiada do SINDIPETRO-RN vem a público denunciar mais uma manobra de grupos gananciosos e oportunistas que buscam se apropriar de uma riqueza pertencente ao povo brasileiro. Trata-se das iniciativas que visam levar a Petrobrás a se desfazer de centenas de campos de petróleo e gás que um dia descobriu – e que hoje continua explorando, mesmo sendo considerados “campos maduros”. O objetivo alegado pelos que defendem que a companhia coloque esses ativos à venda é (pasmem!): “criar a indústria de petróleo e gás no Brasil”.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Trabalhadores repudiam transformação de estatais em empresas comuns

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Audiência Pública
Chamada: 
PLS 555 ameaça soberania e abre caminho para a privatização do patrimônio público

Dirigentes e militantes da Federação Única dos Petroleiros – FUP e seus sindicatos participaram na manhã desta terça-feira, 22, de audiência pública no Senado, onde foi debatido o Projeto de Lei 555/2015, que, sob o pretexto de estabelecer uma Lei de Responsabilidade das Estatais, cria uma série de medidas que ameaçam a soberania nacional e abrem caminho para a privatização do patrimônio público.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

G1 RN: Empregados da Petrobras protestam contra ameaça de desemprego no RN

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Repercussão na mídia
Chamada: 
Parte da BR-304, em Mossoró, foi obstruída nesta manhã desta sexta-feira (24)

Funcionários de empresas que prestam serviços e empregados de uma base da Petrobras localizada às margens da BR-304, em Mossoró, na região Oeste potiguar, interditaram parte da rodovia na manhã desta sexta-feira (24). O protesto, que segundo o Sindicato dos Petroleiros do Rio Grande do Norte (Sindipetro/RN) faz parte de uma manifestação que convoca a categoria para uma greve de 24 horas em todo o país, é contra o Plano de Negócios e Gestão recentemente aprovado pelo Conselho de Administração da companhia, que prevê a venda de ativos.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Juliana Fernandes
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Projetos que ameaçam os direitos dos trabalhadores no ano da Copa

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Atuação sindical
Chamada: 
Principal embate foi contra a tentativa de expandir a terceirização da mão de obra por meio do PL 4.330

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

INSS ameaça acabar Convênio com a Petrobras e FUP pede explicação

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Reunião
Chamada: 
Essa notícia tornou-se pública durante a reunião ordinária do Conselho Deliberativo - CD da Petros, realizada dia 31/10

A informação de que o INSS poderá suspender o convênio com a Petrobrás a partir de fevereiro\2013 levou a direção da FUP a fazer reunião de urgência na última quinta (1º) com a direção da Petros; Essa ameaça foi tornada pública durante a reunião ordinária do Conselho Deliberativo - CD da Petros, realizada na quarta (31).

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

A democracia e a soberania popular estão sob ameaça em Natal

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
NOTA À POPULAÇÃO
Chamada: 
Vereadores George Câmara e Raniere Barbosa, eleitos por maioria de votos, foram retirados da lista pelo TRE

Os Movimentos Sociais foram surpreendidos com a tentativa de mudar o resultado das últimas eleições para vereador de Natal. Os vereadores George Câmara e Raniere Barbosa, eleitos por maioria de votos, foram retirados da lista pelo TRE e, numa jogada jurídica suspeita, os vereadores Edivan Martins e Cláudio Porpino, derrotados nas urnas, acabaram sendo considerados eleitos.

Se não bastasse a incoerência deste ato, o juiz relator do processo é também o advogado do vereador Edivan Martins, réu no caso da Operação Impacto.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Exploração de petróleo na costa ameaça Abrolhos

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Sem lei para evitar que a indústria petrolífera se aproxime perigosamente da reserva de Abrolhos, no litoral da Bahia, o Brasil tem hoje 13 blocos de extração de óleo localizados tão próximos do santuário de 9 mil baleias jubarte que, em caso de acidente, não há segurança ambiental mínima para evitar um desastre ecológico.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo