Pular para o menu

FUP reúne-se com a Petros dia 22 para definir cronograma de implementação dos níveis dos aposentados e pensionistas

Publicar no Na Hora: 
off

Depois de garantir no dia 16 de dezembro a aprovação no Conselho Deliberativo da Petros  do acordo de pagamento dos níveis de 2004, 2005 e 2006 para os aposentados e pensionistas, a FUP discutirá com a Diretoria de Seguridade da Fundação o calendário de implementação desta conquista histórica.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FUP/Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Quem luta conquista: Aposentados e pensionistas receberão os níveis de 2004, 2005 e 2006:

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
Campanha Reivindicatória

Após dez anos de luta, os aposentados e pensionistas do Plano Petros, finalmente conquistaram a correção de seus benefícios, após a FUP garantir no Acordo Coletivo a extensão dos níveis recebidos pela ativa em 2004, 2005 e 2006. A Cláusula 181 do Acordo Coletivo já havia assegurado o pagamento dos níveis para cerca de 3.000 aposentados e pensionistas, cujas ações na justiça já estavam em processo de execução, após transitadas em julgado. Faltava estender essa grande conquista para os outros assistidos do Plano Petros.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Trabalhadores da Petrobrás iniciam mobilização para a Campanha Reivindicatória – 2014

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
Hora de unidade e ação
Chamada: 
Categoria cobra celeridade nas negociações, mais segurança e pagamento dos níveis para aposentados e pensionistas

Na última quarta-feira, 27, o SINDIPETRO-RN deu início ao esforço de mobilização dos trabalhadores e trabalhadoras da Petrobrás e de suas subsidiárias para a Campanha Reivindicatória – 2014. O calendário de assembleias foi inaugurado em Alto do Rodrigues e prosseguiu nos dias 28 e 29 com reuniões no Polo Industrial de Guamaré, nos campos de produção de Canto do Amaro e Riacho da Forquilha, e na sede administrativa da Companhia, em Natal.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Graziella Sousa
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petrobrás recua e nega pagamento de níveis para aposentados e pensionistas

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
Após 3 meses
Chamada: 
A FUP cobrou o acesso imediato aos pareceres jurídicos da empresa e da Petros

Após três meses de enrolação, a Petrobrás comunicou à FUP que não tem condições jurídicas de estender para todos os aposentados e pensionistas o pagamento dos níveis recebidos pela ativa em 2004, 2005 e 2006, conforme assegura a Cláusula 181 do ACT. Alegando a existência de pareceres jurídicos, tanto da Petros, quanto da empresa, o RH informou que o pagamento dos níveis só pode ser feito para aposentados e pensionistas com ações transitadas em julgado e em fase de execução.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Teto de benefícios da Previdência sobe para R$ 3.912,20

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
REAJUSTE
Chamada: 
A cota do salário-família passa a ser R$ R$ 31,22 para o segurado com remuneração mensal não superior a R$ 608,80

Brasília - O Diário Oficial da União de hoje (9) publica portaria conjunta dos ministérios da Fazenda e da Previdência Social fixando o piso e o teto dos benefícios dos aposentados e pensionistas. O reajuste do salário mínimo no dia 1º de janeiro, de R$ 545 para R$ 622, estabeleceu o valor mínimo que será pago aos beneficiários do Regime Geral de Previdência Social.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Senado discute em audiência pública política salarial para aposentados e pensionistas

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado promove hoje (9) audiência pública para discutir a política salarial para os aposentados e pensionistas. A reunião vai tratar também do fator previdenciário e das repercussões do valor salário mínimo, previsto na Lei de Diretrizes Orçamentárias para R$ 616,34 em 2012.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo