Pular para o menu

Petrobras começa processo de venda de ativos na Argentina

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Negociações
Chamada: 
Venda está relacionada à estratégia da estatal para melhorar seu fluxo de caixa e diminuir suas dívidas

Ao contratar uma empresa local especializada em fusões e aquisições, a filial da Petrobras em Buenos Aires começou o processo de venda de seus ativos na Argentina. Dentre eles, estão incluídas áreas petroleiras, uma refinaria, cem postos de gasolinas, plantas petroquímicas, uma empresa de transporte de gás, usinas térmicas e hidroelétricas - bens que podem chegar ao valor de 1 bilhão de dólares.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Argentina enfrenta primeira greve geral em 12 anos

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O governo da presidenta Cristina Kirchner, enfrentou nesta quarta dia 27, a primeira greve geral de trabalhadores. A Confederação Geral do Trabalho (CGT), central sindical comandanda pelo líder dos caminhoneiros, Hugo Moyano, organizou uma marcha até a Casa Rosada, sede do governo argentino, que fica no centro da capital. Esta é a primeira paralisação convocada pela CGT em 12 anos.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Câmara da Argentina se prepara para votar hoje expropriação de petrolífera

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chamada: 
Os parlamentares passaram o dia ontem discutindo o tema e sinalizaram que a maioria vai apoiar a proposta. Na semana pas

A Câmara dos Deputados da Argentina (formada por 257 parlamentares) se prepara para votar hoje (3) o projeto que autoriza a expropriação da petrolífera YPF, administrada pela espanhola Repsol, conforme decisão anunciada pela presidenta Cristina Kirchner no dia 16. Os parlamentares passaram o dia ontem discutindo o tema e sinalizaram que a maioria vai apoiar a proposta. Na semana passada, o Senado aprovou o projeto.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Senado da Argentina aprova expropriação da petrolífera espanhola YPF

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
DISCUSSÃO
Chamada: 
A aprovação da proposta contou com o apoio dos partidos da base aliada e do governo

Renata Giraldi*
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Na Argentina, o Senado aprovou na madrugada de hoje (26), por 63 votos a favor, 3 contra e 4 abstenções, o projeto que determina a expropriação de 51% das ações da petrolífera espanhola YPF. A aprovação da proposta contou com o apoio dos partidos da base aliada e do governo. A discussão em torno do tema durou mais de 14 horas. Apenas dois senadores faltaram à sessão. O texto argumenta que a expropriação atende a interesses públicos.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Argentina diz ver solução de impasse com Petrobras em breve

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
MUNDO DO PETRÓLEO
Chamada: 
Concessão da Petrobras na área de Veta Escondida foi cassada no início do mês, sob alegação de baixos investimentos
 
Hugo Bachega


BRASÍLIA, 20 Abr (Reuters) - O ministro de Planejamento da Argentina, Julio de Vido, disse nesta sexta-feira (20) que as negociações com a província de Neuquén sobre uma área explorada pela Petrobras "estão muito bem encaminhadas", indicando que deve haver em breve uma solução para a concessão da estatal brasileira no país.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Dilma: Brasil fará tudo para assegurar interesses da indústria nacional

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
MEDIDAS
Chamada: 
Discurso da presidenta Dilma ocorre no mesmo dia em que há uma delegação da Argentina no Brasil

Yara Aquino e Renata Giraldi
Repórteres da Agência Brasil

Brasília – No momento em que a comunidade internacional critica a expropriação da petrolífera espanhola YPF pelo governo argentino e a desvalorização fictícia da moeda chinesa (yuan), a presidenta Dilma Rousseff prometeu hoje (20) que o governo protegerá a indústria nacional. Ela disse que “o Brasil fará de tudo” para assegurar os “interesses” do setor.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petrobras diz que cumpriu acordo com concessionária na Argentina

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Petrobras informou nesta quarta-feira (4) que foi notificada da decisão do governo da província de Neuquén, na Argentina, de decretar unilateralmente o cancelamento da concessão de exploração de petróleo da área Veta Escondida

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Lei da mídia na Argentina pode inspirar o Brasil, diz sociólogo

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Atílio Borón analisa a vitória eleitoral de Cristina e destaca a necessidade de um novo modelo econômico que não seja "obediente ao capitalismo" como os Kirchner foram até agora.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Explosão em refinaria da Petrobras deixa um morto e um ferido

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
ARGENTINA
Chamada: 
Segundo a Petrobrás, explosão ocorreu em uma sala de operação da Refinaria Bahia Blanca, no Sul da Argentina

Rio de Janeiro - Uma explosão em uma refinaria da Petrobras na Argentina, no início da madrugada de hoje (10), matou um trabalhador e feriu outro.

Em nota, a estatal informa que a explosão ocorreu em uma sala de operação da Refinaria Bahia Blanca, no Sul da Argentina. O operário Adrian Valente morreu e Miguel Graciano foi ferido gravemente. Ele foi levado ao hospital de Bahia Blanca, que fica a 700 quilometros ao sul de Buenos Aires. 

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

País quer relação comercial equilibrada com Brasil, diz Argentina

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A ministra da Indústria, Débora Giorgi, afirmou que a Argentina busca estabelecer uma "relação equilibrada" no comércio bilateral com o Brasil, de maneira que permita a continuidade da "reindustrialização" da Argentina.

O objetivo do próximo encontro será buscar uma relação comercial equilibrada que permita a continuidade da reindustrialização da Argentina, que é a única forma de ambos os países se beneficiarem", disse Débora Giorgi, em comunicado divulgado no sábado (28).

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo