Pular para o menu

Reforma trabalhista é inconstitucional, dizem Juízes para a Democracia

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
FLAGRANTE
Chamada: 
AJD critica negociação de direitos: "Se já atingimos um patamar de direitos, não podemos voltar atrás"

Para a Associação Juízes para a Democracia (AJD), a proposta de reforma trabalhista do governo Temer, que deve ser concluída nesta terça-feira (11) no Senado, além de ser tocada por um governo que não tem legitimidade, sem debate com o conjunto da sociedade, ainda apresenta "inconstitucionalidades flagrantes", e deveria ter sido barrada ainda na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) daquela Casa. 

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:
Divulgar conteúdo