Pular para o menu

Ataque a Petrobras na Bolsa tem nome: entreguem o pré-sal

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O ataque especulativo que as ações da Petrobras estão sofrendo tem um significado muito claro. Não corresponde, em hipótese alguma aos “perigos” que os desvios de recursos produzidos por Paulo Roberto Costa e Cia possam ter produzido.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Queda de Vale e Petrobras derruba bolsa brasileira

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

As ações preferenciais da Petrobras (PETR4) e da Vale (VALE5) perdiam 1,67% e 0,82%, respectivamente. Amparado no desempenho negativo das blue chips, o Ibovespa ignora a tentativa de recuperação externa e segue trajetória de queda nesta quinta (14/7), após alta de 1,62% no pregão da véspera. "O índice continua pesado. Mesmo com a alta de ontem, esse movimento de queda é exagerado, porque não tem uma justificativa", ponderou João Pedro Brugger, analista da Leme Investimentos. Há pouco, o Ibovespa recuava 1,37%, aos 59.841 pontos.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Medo de contágio da crise na Europa derruba mercados no mundo

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O temor de que a crise da Grécia cruze as fronteiras e chegue à Itália e à Espanha derrubou mercados em vários países ontem (11). Bolsas da Europa, dos Estados Unidos e do Brasil fecharam em baixa. Em Milão, a bolsa despencou 4%. Em Frankfurt, o índice Dax fechou com baixa de 2,3% e, no Reino Unido, o FTSE caiu 1%. Houve queda também em Nova York, com baixa de 1,2% no Dow Jones. Na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), houve desvalorização de 2,1%.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petróleo nos EUA cai e Brent opera em alta em sessão volátil

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Os futuros do petróleo nos Estados Unidos registravam queda e o tipo Brent operava em alta em sessão volátil nesta quinta-feira, com a divulgação do relatório do Departamento de Trabalho dos EUA que mostrou queda nos pedidos de auxílio-desemprego nos EUA na semana passada.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo