Pular para o menu

A riquíssima Noruega sofre com a queda do preço do barril de petróleo

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
El País
Chamada: 
Taxa de desemprego supera os 4%, algo que nem a crise financeira tinha conseguido

A derrocada do preço do barril de petróleo vem afetando às empresas do setor, com aumento do desemprego e uma instabilidade na economia mundial. Segundo o jornal El País, em 2015, o setor petrolífero mundial já perdeu 100.000 postos de trabalho. Mesmo um país rico como a Noruega sofre com as baixas. O petróleo é a maior fonte de riqueza do país e responde por cerca de 40% do seu PIB.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Empresa petrolífera demite 80 servidores em Mossoró

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Postado em  08/03/2013

Mais uma empresa da área do petróleo realiza demissões em massa em Mossoró por falta investimentos da Petróbras na cidade. Na tarde dessa quinta-feira, 7, a Tuzscany International Drilling demite entorno de 80 funcionários da sede da empresa em Mossoró, devido a não renovação dos contratos da Petrobras com a empresa.  

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Metalúrgicos cobram pressão do governo contra demissões na GM

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chamada: 
Trabalhadores se reuniram com o ministro Gilberto Carvalho, que se comprometeu a levar a reivindicação à presidenta

Nessa terça-feira (17), metalúrgicos se reuniram com o ministro-chefe da Secretária Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, para cobrar um posicionamento do governo frente à ameaça de demissão em massa na fábrica da General Motors (GM) de São José dos Campos (SP). Na reunião, Carvalho se comprometeu a levar a discussão à presidenta Dilma Rousseff e apresentar as reivindicações do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos pela manutenção dos postos de trabalho na montadora.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Altamiro Borges: PSDB desmonta a TV Cultura

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Na semana passada, a TV Cultura anunciou a demissão de mais 50 funcionários e novos cortes na sua grade de programação. Com isso, a gestão desastrosa de João Sayad promove o maior desmonte da história da emissora, que já foi uma das mais importantes tevês educativas do país. Ao mesmo tempo, os tucanos impõem uma linha totalmente partidarizada à TV Cultura, inclusive cedendo espaços "nobres" para veículos de direita - como Folha e Veja - na sua programação.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo