Pular para o menu

FUP cobra acesso a documentos que comprovem ocorrência de irregularidades

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Benefício Farmácia
Chamada: 
Federação reuniu-se com a Global Saúde, no dia 1º de julho, para buscar esclarecimentos

Mais de uma semana após a mídia noticiar casos de irregularidades no Benefício Farmácia, constrangendo publicamente os trabalhadores do Sistema Petrobrás, a FUP ainda não teve acesso às documentações que comprovem a ocorrência de irregularidades na execução do programa.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Caso Globo: o Ministério Público tem de explicar seu desinteresse

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Finalmente o caso de sonegação da Rede Globo chega à TV, com a exibição da matéria de Luiz Carlos Azenha, com informações de Amaury Ribeiro Jr., no Jornal da Record.

Embora a maioria dos fatos narrados ali já tivessem sido veiculados na blogosfera, além da importância do assunto ter, finalmente, chegado ao grande público, duas informações escandalosas acabaram me chamando a atenção.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Documentos indicam que funcionários da Petrobrás eram vigiados pela ditadura

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Comissão da Verdade
Chamada: 
Companhia colabora para Comissão da Verdade entender como o regime militar monitorava trabalhadores

A Comissão Nacional da Verdade (CNV) recebeu da Petrobras um lote de documentos que deverá ajudar a entender como o regime militar monitora os trabalhadores da empresa. São mais de 400 rolos de microfilmes, além de microfichas e documentos textuais, material produzido por uma divisão do Serviço Nacional de Informações (SNI), que funcionava dentro da petroleira.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Collor altera projeto do fim do sigilo eterno de documentos

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
ACESSO PÚBLICO
Chamada: 
Collor defendeu a exclusão da palavra "temporariamente" do artigo que definia a informação sigilosa

As críticas feitas pelo senador Fernando Collor (PTB-AL) ao projeto de lei da Câmara que disciplina o acesso público a documentos oficiais, motivaram o adiamento da votação da proposta pela Comissão de Relações Exteriores (CRE), prevista para esta quinta-feira (25). Na presidência dos trabalhos, o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) concedeu vista coletiva do projeto, logo após a leitura do relatório elaborado por Collor.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo