Pular para o menu

educação

#30M: Petroleiros voltam às ruas nesta quinta em defesa da educação

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Nesta quinta-feira, 30 de maio, os petroleiros estarão novamente junto com o estudantes, professores e trabalhadores ligados à educação ocupando as ruas do Brasil contra os cortes de verbas nas universidades e institutos federais, pretendidos pelo governo Bolsonaro. Será também mais um importante esquenta para a greve geral do dia 14 de junho, que contará com a participação da categoria.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Gilson Sá
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Defender a educação e a nossa soberania é um dever de todos

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Nesta quarta-feira, 15, a categoria petroleira se junta aos professore e demais profissionais da educação no Dia Nacional de Luta pela Educação, contra os ataques do governo Bolsonaro às universidades e escolas públicas. Os cortes generalizados de verbas, as perseguições aos professores e estudantes, a negação das pesquisas científicas, a tentativa de acabar com os cursos de filosofia e sociologia são parte do projeto de criminalização do conhecimento que vem sendo promovido pelo atual governo. Por trás desse processo, está o desmonte do Estado brasileiro.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Vídeo: Veja, em cinco minutos, como a PEC 241 aniquila a Educação, Saúde e Assistência Social

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Proposta de Emenda Constitucional que está prestes a ser votada no Congresso determina que nenhum investimento, inclusive nas áreas sociais, seja superior à inflação do ano anterior. Isto significa que nenhum dinheiro novo será destinado à educação, saúde ou assistência social nos próximos 20 anos. Clique aqui no link, par ver como a PEC 241 desfigura a Constituição Federal para destinar recursos a banqueiros e especuladores.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Projeto de José Serra pode tirar R$360 bilhões da educação

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Política
Chamada: 
Caso aprovado, PLS 131 de Serra altera o regime de exploração dos recursos naturais do pré-sal

A educação pode perder até R$ 360 bilhões nos próximos 15 anos, ou R$ 24 bilhões por ano, caso seja aprovado o projeto de lei do senador José Serra (PSDB-SP) que altera o regime de exploração dos recursos naturais do pré-sal. A estimativa é do assessor legislativo da Câmara dos Deputados, Paulo César Ribeiro de Lima.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Câmara derruba PEC 37 e destina royalties para educação e saúde

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
POLÍTICA
Chamada: 
Congresso enterra projeto que limita investigação do Ministério Público e aprova recursos para setores básicos

Por 430 votos contrários e apenas 9 a favor, Câmara dos Deputados derrubou ontem (25) a proposta de emenda (Pec 37) que limita poder de investigação do Ministério Público. A votação foi uma clara resposta à pressão das ruas ao Congresso. Já na madrugada desta quarta-feira (26), os deputados também aprovaram projeto que destina recursos da exploração do petróleo (royalties) às áreas de educação e saúde. Melhorias nesses setores também estiveram entre as reivindicações de manifestantes.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Câmara pode votar projeto que destina royalties para educação

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
POLÍTICA
Chamada: 
Em resposta às manifestações populares, a presidente Dilma tem defendido provação da proposta no Congresso

Vermelho

Os deputados podem votar, nesta terça-feira (25), o Projeto de Lei que destina 100% dos recursos dos royalties do petróleo para a educação. Desde a semana passada, em resposta às manifestações populares, a presidente Dilma Rousseff tem defendido a aprovação da proposta no Congresso.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

'Rejeição dos 100% dos royalties para a educação é gol contra', lamentam ativistas

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chamada: 
Após a rejeição do substitutivo pela Câmara dos Deputados, militantes iniciam a campanha 'Veta Dilma'

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) lamentou a decisão do plenário da Câmara dos Deputados, que rejeitou ontem (6) o substitutivo do deputado Carlos Zarattini (PT-SP), que previa a destinação de 100% dos recursos arrecadados com royalties do petróleo para a educação. No seu lugar, foi aprovado o Projeto de Lei do Senado (PL 2.565/11), de autoria do senador Vital do Rego (PMDB-PB). “É um gol contra a educação brasileira.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Aos estudantes, Dilma diz que 100% do Petróleo irá para educação

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Representantes dos estudantes universitários, pós-graduandos e secundaristas participaram, nesta quarta-feira (22), de uma audiência com a presidenta Dilma Rousseff e o ministro da Educação, Aloísio Mercadante, para discutir a destinação dos 10% do PIB para a educação, conforme o Plano Nacional de Educação, aprovado por uma comissão especial da Câmara em junho.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Greve de servidores federais deve crescer nesta segunda-feira

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A greve que já atinge 51 instituições federais de ensino deve arregimentar novos servidores a partir desta segunda-feira (11). É o que promete a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef), que reúne 37 sindicatos em todo o país. Segundo a entidade, a greve irá crescer devido à falta de resultado nas negociações com o Executivo sobre reajuste salarial, recebimento de gratificações e reestruturação de carreiras.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Diário Oficial publica portaria com regras para o ProUni 2012

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
EDUCAÇÃO
Chamada: 
As inscrições serão feitas apenas no site http://siteprouni.mec.gov.br, de 14 a 19 de janeiro

Brasília - A cinco dias do início das inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni) – que se destina a conceder bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica em instituições privadas de educação superior –, o Ministério da Educação publicou hoje (9) portaria, no Diário Oficial da União com as regras do processo seletivo.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo