Pular para o menu

Bolsonaro quer entreguista no MME e militar na Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Às vésperas do segundo turno da eleição presidencial, a equipe do candidato da extrema direita, Jair Bolsonaro, já começa a dar pistas do que está por vir no campo econômico, se ele for eleito no domingo. Fica cada vez mais clara a intenção de se radicalizar a entrega do pré-sal para as petroleiras estrangeiras e acelerar a privatização da Petrobrás. Nos bastidores da campanha, ganha força o nome do deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA) para o Ministério das Minas e Energia, caso Bolsonaro saia vitorioso das urnas.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FUP
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

A entrega do pré-sal a um centavo o litro

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Uma década após a Petrobrás ter descoberto a maior reserva de petróleo da atualidade, as multinacionais comemoram o bilhete premiado que estão prestes a ganhar do governo golpista. Na sexta-feira, 27, serão realizados dois leilões simultâneos do pré-sal, para entrega de oito grandes áreas exploratórias, que contêm pelo menos 12 bilhões de barris de petróleo de altíssima qualidade, que custará às multinacionais R$ 0,01 o litro.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo