Pular para o menu

FUP

6º Encontro Nacional das Mulheres Petroleiras da FUP

Publicar no Na Hora: 
off

6º Encontro Nacional de Mulheres Petroleiras começa dia 27 em Natal

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

FUP e INEEP debatem petróleo e Petrobrás no FSM 2018

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Junto com os pesquisadores do Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis Zé Eduardo Dutra (INEEP), a FUP estará presente aos debates do Fórum Social Mundial a partir de quarta-feira, 14, discutindo a importância da Petrobrás e do setor petróleo para o desenvolvimento do país e a soberania nacional.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Outro Sindicato da FUP garante equacionamento do PPSP pelo valor mínimo

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Mais um
Chamada: 
Sindipetro de Minas Gerais conquistou uma liminar que determina essa decisão seja cumprida pela Petros

Na quarta-feira, 28 de fevereiro, o Sindipetro de Minas Gerais conquistou liminar determinando à Petros que o equacionamento do déficit do PPSP (Plano Petros-1) deve ser feito pelo valor mínimo permitido em lei. A decisão foi proferida pela 28ª Vara Civil do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, em atendimento à Ação Civil Pública que o sindicato move contra a Petros (processo nº 5157049-17.2017.8.13.0024).

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FUP
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Coletivo da FUP organiza 6ª Encontro Nacional de Mulheres Petroleiras

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Será em Natal, no Rio Grande do Norte, o 6º Encontro Nacional das Mulheres Petroleiras da FUP, que ocorrerá de 27 a 29 de abril. “O evento contará com uma agenda intensa de atividades para fomentar a reflexão e a construção das mudanças necessárias a serem realizadas em nossa sociedade, tanto no âmbito do trabalho, quanto no sindicalismo, para que cheguemos à igualdade”, destaca Rosângela Maria, diretora da FUP e coordenadora do Coletivo Nacional de Mulheres Petroleiras.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petrobrás e Transpetro atendem solicitação encaminhada pela FUP

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Confirmado
Chamada: 
Antecipação de metade do 13º salário será paga no dia 7 de fevereiro, antes do carnaval

Atendendo a solicitação da FUP, Petrobrás e Transpetro vão antecipar a metade do 13º salário. A parcela que seria paga somente no final do mês, estará no bolso dos petroleiros e petroleiras antes do carnaval, no dia 07/02.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

FUP cobra respeito ao mandato de representante dos trabalhadores

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Transpetro
Chamada: 
De acordo com Edital publicado em Diário Oficial mandato da conselheira é de 12 meses

A FUP enviou ofício para a TRANSPETRO hoje, 18/01, solicitando esclarecimentos sobre o ofício 0001/18 que convoca a formação da Comissão Eleitoral 2018 para o Conselho Administrativo. Isto gerou estranheza para a direção da Federação, uma vez que a candidata eleita em 2017 pelos trabalhadores, Fabiana dos Anjos, empossada em 27/12, com primeira reunião marcada para final de janeiro de 2018.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Excedente de Pessoal: A cláusula que todo ACT gostaria de ter

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Desde o dia em que passou a vigorar, em novembro de 2017, a reforma trabalhista (Lei 13.467/17) que retira os direitos dos trabalhadores, dá a liberdade para as empresas realizarem demissões em massa sem que haja qualquer negociação prévia com o sindicato da categoria. Foi o que aconteceu aos professores da UniRitter, no Rio Grande do Sul. O ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Ives Granda, autorizou a demissão em massa de 150 profissionais de ensino utilizando os argumentos da nova Lei.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Campanha Reivindicatória-2017: Por que a Cláusula 42?

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A cláusula 42 da minuta de ACT dos trabalhadores e trabalhadoras da Petrobrás, que trata de “Excedente de Pessoal”, tem sido objeto de grande polêmica. A razão principal relaciona-se ao fato do dispositivo tratar de despedida coletiva ou plúrima, motivada ou imotivada, além de rotatividade de pessoal (turnover), nas novas condições impostas pela contrarreforma trabalhista, e numa conjuntura onde a Petrobrás vem se desfazendo de vários ativos.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

FUP cobra esclarecimentos da Petrobrás sobre proposta do ACT

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Após analisar criteriosamente a minuta da proposta de Acordo Coletivo apresentada pela Petrobrás, o Conselho Deliberativo da FUP determinou que uma representação da direção retorne à empresa ainda nesta quinta-feira, 14, para buscar esclarecimentos sobre questões da redação que a assessoria jurídica identificou problemas. 

A FUP também cobrará as minutas das propostas de ACT da Transpetro e da Araucária Nitrogenados, que até agora não foram enviadas pelas subsidiárias.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Plano Petros 1: Sindicato da FUP garante na Justiça equacionamento pelo valor mínimo

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo decidiu que o equacionamento do déficit do Plano Petros 1 deverá ser feito pelo menor valor permitido por lei. A sentença foi proferida pela juíza Fabiana Marini, nesta terça-feira (28), sendo favorável à ação civil pública ajuizada pelo Sindipetro Unificado-SP, em 9 de outubro, na 12ª Vara Cível de São Paulo.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo