Pular para o menu

Petroleiros norte-rio-grandenses seguem aprovando greve nacional

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Com votação iniciada nesta terça-feira, 8, petroleiros e petroleiras norte-rio-grandenses seguem aprovando, por ampla maioria, proposta de greve nacional contra as privatizações no Sistema Petrobrás e a retirada de direitos de trabalhadores próprios e terceirizados. As sessões deliberativas da Assembleia Geral reúnem trabalhadores e trabalhadoras dos setores público e privado, em áreas administrativas e operacionais, e se estendem até a próxima sexta-feira, 11.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

SINDIPETRO-RN convoca categoria para deliberar sobre proposta de Greve Nacional

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
HORA DE DECIDIR
Chamada: 
Assembleia Geral se estenderá por toda a semana reunindo setores público e privado

Em atendimento à orientação aprovada pelo Conselho Deliberativo da Federação Única dos Petroleiros – FUP, a Diretoria Colegiada do SINDIPETRO-RN está convidando a categoria petroleira norte-rio-grandense para uma Assembleia Geral Extraordinária.

As sessões deliberativas estão sendo realizadas em bases administrativas e operacionais, conforme calendário abaixo, reunindo, sempre que possível, petroleiros e petroleiras dos setores público e privado.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Ato na Rlam conclama petroleiros a reagirem à privatização da Petrobrás com grande greve nacional

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

As delegações de petroleiros e petroleiras de vários estados do país que se encontram em Salvador para o XVII Congresso Nacional da FUP (Confup) participaram na manhã desta quinta-feira, 03, de um grande ato na Refinaria Landulpho Alves (Rlam), em Mataripe, que mobilizou por quase três horas cerca de dois mil trabalhadores próprios e terceirizados.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FUP
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petroleiros do RN aderem à greve nacional em defesa da Petrobrás e contra o golpe

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A categoria petroleira norte-rio-grandense aderiu em peso à greve nacional de 24 horas, deflagrada nesta sexta-feira, 10 de junho. O movimento atinge as principais bases administrativas e operacionais do Estado, repudiando as ameaças à integridade da Petrobrás e a intenção do governo ilegítimo de Michel Temer de por fim ao regime de partilha na exploração do pré-sal.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Deivson Mendes, Gilson Sá e diretores
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

GREVE NACIONAL DOS PETROLEIROS: Confira o quadro nacional

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Amazonas

A greve começou na principal unidade da Petrobrás no Amazonas, que é a Refinaria de Manaus (Reman), onde a rendição do turno foi cortada às 23h de ontem. Nas demais unidades do estado. como Serviço Compartilhado, Terminal Sede da Transpetro, DGN, Terminal Aquaviário de Coari e Sede da Engenharia, a greve também teve grande adesão dos trabalhadores próprios e terceirizados das áreas operacionais e administrativas.

Rio Grande do Norte

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Portal no Ar: Petroleiros realizam greve nacional de 24 Horas no RN

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Repercussão na mídia
Chamada: 
Trabalhadores realizam paralisações em Natal Mossoró e Guamaré pela renovação de acordo coletivo e pautas políticas

Cerca de 90% dos empregados da Petrobras, lotados em Natal, segundo dados do Sindicato dos Petroleiros, participam nesta sexta-feira (24)  de uma greve nacional de 24 horas diante da porta da empresa, localizada no bairro de Cidade da Esperança.

Petroleiros que trabalham, em Mossoró e Guamaré também cruzaram os braços em manifestações que devem durar até o final da tarde.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Gilson Sá
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Cafeicultores colombianos participarão da greve nacional agrária

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O movimento colombiano “Dignidade Cafeeira” anunciou, na última segunda-feira (24), sua participação na greve nacional agrária convocada para o próximo 28 de abril que ocorrerá caso o governo não cumpra os acordos negociados em 2013.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Bancários fazem assembleias e podem decidir por greve nacional a partir do dia 18

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Bancários realizam assembleias hoje (12) em todo o país e podem decidir por iniciar greve a partir de 18 de setembro. As reuniões estão marcadas para 19h espalhadas pelas bases sindicais, segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT).

Caso o início da greve seja aprovado, novas assembleias serão realizadas um dia antes da data marcada para organizar a paralisação nacional e para avaliar possíveis novas propostas da Federação Nacional de Bancos (Fenaban).

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Bancários sinalizam greve nacional para esta terça-feira

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Os bancários rejeitaram em reunião na última sexta-feira (23) a nova proposta de reajuste salarial de 8%, apresentada pela Federação Nacional de Bancos (Fenaban). Segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), o índice representa apenas 0,56% de aumento real. A categoria reivindica reajuste de 12,8% (5% acima da inflação).

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo