Pular para o menu

Investimento em P&D de petróleo e gás estimado em R$26 bi até 2022

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
ANP
Chamada: 
De 1998 até o 2º trimestre de 2013 foram gerados 8 bilhões de reais em obrigações de investimentos em P&D

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) estimou nesta segunda-feira que o investimento em pesquisa e desenvolvimento (P&D) em produção de petróleo e gás no Brasil deverá somar cerca de 26 bilhões de reais até 2022.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

RN é um dos que menos investe em Educação e Saúde no Brasil

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Relatório do TCE indica que em 2010 o RN aplicou recursos nessas aéreas de modo "insignificante"; gastos com diárias e publicidade surpreendem.

O Rio Grande do Norte é o estado que menos investe em saúde e educação no Brasil. A constatação deriva do relatório de análise de contas das despesas realizadas em 2010 nas gestões de Wilma de Faria e Iberê Ferreira, do PSB, e divulgado nesta quarta-feira (03) pela Corte de Contas do Estado, o TCE.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Marinha investirá R$ 1,6 bilhão no pré-sal

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Marinha do Brasil prevê investimentos de pelo menos R$ 1,6 bilhão, além do aumento de 33,3% no contingente de profissionais que vão atuar na patrulha das regiões próximas às bacias de petróleo, principalmente a de Santos. O número nacional de marinheiros passará de 60 mil para 80 mil em até cinco anos. Com isso, a quantidade de oficiais da região poderá ser ampliada.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Eike negocia investimento de R$ 3,2 bi com o BNDES

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O empresário Eike Batista negocia com o BNDES duas operações de injeção de dinheiro em suas empresas que, somadas, chegam a R$ 3,2 bilhões. Está em curso um processo de capitalização da MPX, braço de energia da holding EBX, controlada por Eike, que chegará a R$ 1,3 bilhão. Desse total, pouco menos da metade, ou R$ 600 milhões, virá via BNDESPar, subsidiária de participação do banco, nos mesmos moldes pensados para a fusão do Pão de Açúcar/Carrefour. A BNDESPar irá subscrever debêntures conversíveis em ações emitidas pela MPX.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo