Pular para o menu

Petros atende reivindicação da FUP e suspende desconto nos benefícios a título de IRSM

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Aposentados e Pensionistas

Em resposta à cobrança da FUP, a Petros está enviando carta a todos os aposentados e pensionistas, informando que "está temporariamente suspenso o processo de cobrança do débito apurado no seu benefício Petros, em decorrência da aplicação do IRSM sobre o benefício do INSS". No último dia 17, em reunião com a diretoria da Fundação, a FUP cobrou a suspensão imediata dos descontos e explicações sobre as razões e os critérios dessa cobrança.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Cobrança do débito está temporariamente suspensa

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
Petros
Chamada: 
Fundação atendeu pleito da FUP e não efetuará descontos de quem assinou Termo

O processo de cobrança do débito apurado no benefício Petros, em decorrência da aplicação do Índice de Reajuste do Salário Mínio – IRSM, sobre o benefício do INSS, está temporariamente suspenso.  A informação foi confirmada em documento enviado à FUP nesta segunda-feira, 22, o qual esclarece que a cobrança permanecerá suspensa enquanto a diretoria estiver avaliando os questionamentos feitos pela FUP, que recaem sobre as razões e os critérios dessa cobrança.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo