Pular para o menu

Associação de juízes denuncia que reforma trabalhista é inconstitucional

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Comissão Especial da Reforma Trabalhista (Projeto de Lei 6787/2016) concluiu a fase de debates da proposta esta semana e o relator do projeto na Comissão, deputado Rogério Marinho (PSDB), deve apresentar o seu relatório nesta quarta-feira (12). A expectativa do presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM/RJ), é votar a proposta na próxima semana.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Juízes trabalhistas: o Brasil virou uma selva

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), que representa cerca de 4 mil juízes do Trabalho, divulgou uma nota nesta quinta-feira 23 em que diz lamentar a aprovação do PL nº 4302/98, na noite desta quarta-feira 22 pela Câmara dos Deputados, que libera a terceirização irrestrita em todos os setores do Brasil.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Juízes alertam para decisões do STF que ameaçam direitos trabalhistas

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A presidenta Dilma Rousseff denunciou por vezes que o golpe consumado pelo Senado não era apenas contra o seu mandato, mas contra os direitos dos trabalhadores. A passos acelerados, os trabalhadores enfrentam o avanço de uma política que ameaça direitos trabalhistas e tenta impor uma reforma que estabelece como regra não o direito legalmente assegurado, mas o que for “negociado” numa desigual correlação de força em que o trabalhador é o lado mais fraco.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Juízes do Trabalho ampliam mobilização contra PL da Terceirização

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
RESISTÊNCIA
Chamada: 
Magistrados retomam campanha de atores ativistas contra PL que fere direitos do trabalhador

 A propósito da tramitação do projeto de lei que regulamenta a terceirização, o PL 4330, que pode ser votado na Câmara dos Deputados na próxima terça-feira (7) a Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) voltou a divulgar uma campanha contrária à matéria, que pode levar ao retrocesso em direitos trabalhistas e ampliar a precarização das condições de trabalho.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Juízes são despreparados para combater assédio moral nos locais de trabalho

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Segundo especialistas, a organização das rotinas de atividades, somada à imaturidade e ao conservadorismo do Judiciário contribuem para o aumento dos casos de adoecimento

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Juízes federais paralisam atividades reivindicando reajustes salariais

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Em movimento trabalhista buscando melhorias salariais, juízes federais e trabalahdores da área prometem paralisar suas atividades na próxima quarta e quinta-feira, dias 7 e 8 de novembro, para dar visibilidade à causa. Estão à frente do movimento duas das maiores entidades de classe das categorais, a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e a Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra).

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Juízes pedem agilidade na instalação da Comissão da Verdade

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
DIREITOS HUMANOS
Chamada: 
Manifesto cobra rápida instalação da Comissão e defende o encaminhamento de ações no Judiciário

A Associação Juízes para a Democracia (AJD) divulgou ontem um manifesto no qual cobra do governo a rápida instalação da Comissão da Verdade. Os 130 signatários do documento também defendem o encaminhamento de ações no Judiciário.

Confira abaixo Manifesto na íntegra:

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:
Divulgar conteúdo