Pular para o menu

Venda da TAG vai a julgamento no STF

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O ministro Edson Fachin remeteu ao pleno do STF a decisão sobre a venda da Transportadora Associada de Gás (TAG), mas manifestou-se favorável às argumentações apresentadas em ação movida pelos sindicatos dos petroleiros, entre eles o Unificado.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

RMNR: Petrobrás tenta reverter no tapetão julgamento do TST

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Um mês após o Tribunal Superior do Trabalho (TST) condenar a Petrobras nas Ações Trabalhistas de RMNR em que os sindicatos denunciam os gestores da empresa por violar adicionais de origem legal e Constitucional, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, suspendeu a decisão.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Supremo adia julgamento sobre terceirização; centrais seguem na luta para STF decidir contra

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O Supremo Tribunal Federal (STF) adiou nesta quarta-feira (9) o julgamento sobre a terceirização de qualquer tipo de trabalho. Durante todo o dia de ontem centenas de trabalhadores e representantes de entidades sindicais aglomeraram-se em frente ao STF, com bandeiras, faixas e cartazes, pedindo que o julgamento fosse adiado.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Mensalão começará a ser julgado um dia depois do previsto

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF) acabou atrasando um dia e, agora, começará no dia 2 de agosto. A informação foi confirmada no dia 26 pelo gabinete do presidente do STF, Carlos Ayres Britto. De acordo com a assessoria de Britto, os ministros entenderam que não era conveniente publicar uma edição extra do Diário da Justiça Eletrônico (DJE) nesta terça-feira para dar tempo de começar o julgamento no prazo previsto anteriormente.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Argentino que dirigia centros de tortura é condenado à perpétua

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O ex-general argentino Eduardo Cabanillas foi condenado à prisão perpétua por dirigir um centro de detenção e tortura durante a ditadura militar no país, entre 1976 e 1983. Três ex-integrantes do serviço secreto da Argentina também foram condenados por assassinato, tortura e prisões ilegais.
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off

Compartilhar:
Divulgar conteúdo