Pular para o menu

Lula

Sindicalistas lançam campanha para mostrar 'inconsistências' contra Lula

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Foi lançada nesta segunda-feira, em São Paulo, a campanha "Cadê a prova?", iniciativa de sindicalistas e representantes de movimentos sociais para denunciar a perseguição judicial sofrida pelo ex-presidente Lula, condenado pelo juiz da 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba, Sérgio Moro. Encabeçada pela Central Única dos Trabalhadores, a campanha conta com a participação de dirigentes da CTB, Força Sindical, UGT, Nova Central e Intersindical.
Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off

Mossoró: SINDIPETRO-RN homenageia Lula e pede atenção com a Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Nesta segunda-feira, 28, mais de 30 mil pessoas lotaram os arredores da Estação das Artes “Eliseu Ventania”, em Mossoró (RN), para ver o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O evento integra a Caravana “Lula Pelo Brasil” que, nesta primeira fase, percorre cidades dos nove Estados do Nordeste brasileiro.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Deivson Mendes
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off

SINDIPETRO-RN repudia sentença que condena Lula

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

NOTA DE REPÚDIO

A Diretoria Colegiada do SINDIPETRO-RN vem a público manifestar profunda indignação e revolta com a absurda sentença proferida pelo juiz de primeira instância, Sérgio Moro, anunciada na última quarta-feira, 12, condenando o ex-presidente Lula a nove anos e meio de prisão.

Imagem para destaque: 
destaque
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off

Lula e indústria naval reagem contra conteúdo nacional ZERO de Parente

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Representantes da indústria naval reagiram, na Justiça, contra a política do presidente da Petrobras, Pedro Parente, de acabar com o conteúdo nacional no desenvolvimento de equipamentos do setor do petróleo. Parente pediu autorização à Agência Nacional do Petróleo (ANP) para que a empresa importe plataformas de produção do petróleo, ferindo a lei que estabelece um percentual mínimo de conteúdo

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Brasil 247
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off

Greve chega à UTE-JSP, sindicato entrega estudo a Lula e promove Audiência em Macau

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Nesta quarta-feira, 3, terceiro dia da greve dos petroleiros norte-rio-grandenses, os trabalhadores da Usina Termelétrica Jesus Soares Pereira – UTE-JSP – decidiram paralisar suas atividades. O movimento teve início às 7h00, com a realização de uma concorrida assembleia em frente ao portão principal de acesso às instalações. Juntamente com petroleiros dos estados da Bahia, Ceará, Sergipe e Espírito Santo, os trabalhadores da UTE-JSP e de outras bases do RN protestam contra a decisão da Direção da Petrobrás de vender campos petrolíferos e outros ativos.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off

Nota da FUP: Operação contra Lula é política!

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A operação da Polícia Federal na manhã desta sexta-feira, 04, em articulação com a Rede Globo, coloca em xeque o Estado Democrático de Direito. Sem qualquer prova ou indício concreto que possa justificar o mandado de condução coercitiva contra o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, a Operação Lava Jato ultrapassou todos os limites da legalidade.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off

Lula critica projeto de Serra e convoca petroleiros e sociedade a defenderem a Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Durante a 5ª Plenafup, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou com os petroleiros sobre a situação da Petrobrás e a importância da categoria e da sociedade defender o pré-sal. Para Lula, o projeto do senador José Serra de mudança da Lei de Partilha atende aos interesses do capital internacional e das multinacionais que estão de olho nos bilhões em barris que serão produzidos nas áreas de exploração desse petróleo. “A troco de que Serra quer mudar a lei do pré-sal?

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FUP
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off

Em ato, Lula também destaca importância da engenharia brasileira

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
RIO DE JANEIRO
Chamada: 
"Devemos à engenharia brasileira a reconstrução da nossa indústria naval", destacou o ex-presidente

por Camila Marins

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário

Dirigente da CTB será homenageado em ato sindical contra a ditadura

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

“É muito importante resgatar a memória e lembrar da luta protagonizada pela classe trabalhadora em prol da democracia”, expressou o dirigente nacional da CTB, João Batista Lemos, em entrevista para o Portal CTB

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off

Seminário avalia experiência do Bolsa Família para ampliação de programa similar no Paraguai

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
APERFEIÇOAMENTO
Chamada: 
O maior desafio para a implantação do programa no país vizinho são as fontes de recursos orçamentários

A experiência e as ações do Bolsa Família que possam contribuir para a ampliação de um programa similar do governo paraguaio, o Tekoporâ, estão sendo discutidas hoje (26) em um seminário internacional promovido pela Embaixada do Brasil no Paraguai e pelo Instituto Social del Mercosur (ISM). No Paraguai, o programa beneficia atualmente 93,8 mil famílias, que recebem entre 150 mil e 290 mil guaranis mensais, que correspondem a valores entre R$ 67 e R$ 129.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Divulgar conteúdo