Pular para o menu

Após 14 anos da P-36, mais de 200 petroleiros morreram em acidentes

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Este domingo, 15, será marcado pela passagem de 14 anos da tragédia da P-36, plataforma da Petrobrás que afundou na Bacia de Campo, em 2001, causando a morte de 11 trabalhadores. Os petroleiros do Norte Fluminense, mais uma vez, prestarão homenagens às vítimas deste que é considerado um dos maiores acidentes da indústria do petróleo. A manifestação também servirá para ressaltar aos trabalhadores que agora, mais do que nunca, é preciso intensificar a luta para que a Petrobrás e demais operadoras apontem mudanças estruturais em suas gestões de SMS.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Sobe para cinco o número de trabalhadores mortos por explosão da plataforma no ES

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Infelizmente, na manhã desta quinta feira, 12, foram confirmadas mais duas mortes em decorrência da explosão que atingiu o navio plataforma FPSO Cidade São Mateus, na região de Aracruz, no Espírito Santo. Agora são quatro trabalhadores desaparecidos.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Nigéria tem 3 mortos em greve contra aumento de petróleo

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A polícia e manifestantes entraram em choque na Nigéria nesta segunda-feira, 09, e três pessoas foram mortas a tiro. Milhares saíram às ruas protestando contra o aumento dos preços dos combustíveis, em meio a uma greve geral que paralisava o país. Em Lagos, capital econômica da Nigéria, um jovem morreu e outros três foram feridos por disparos da polícia. Na cidade de Kano, no norte do país, um adolescente de 15 anos morreu por disparos que as forças de segurança teriam efetuado. Outro menino morreu ao ser esmagado pelos manifestantes em Kano.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

SUS pagou R$ 14,4 milhões pelo tratamento de pessoas mortas

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Uma auditoria feita pelo Tribunal de Contas da União (TCU) mostra que o governo federal, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), gastou R$ 14,4 milhões para custear tratamentos ambulatoriais de alta complexidade e internações de pessoas mortas.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Execução de casal de extrativistas provoca protesto no Pará

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Um protesto que reuniu mais de 5 mil pessoas marcou nesta quinta-feira (26) o enterro dos extrativistas José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo, em Marabá, no Pará. O casal foi executado a tiros na última terça-feira (24), no sudeste do estado.

Às 5h, militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e de outras entidades ligadas à luta na área rural bloquearam uma ponte sobre o Rio Itacaiúnas e uma ferrovia próximo à cidade de Marabá, onde o casal foi sepultado.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo