Pular para o menu

MPT

MPT: Terceirização tende a aumentar número de acidentes de trabalho

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O Ministério Público do Trabalho (MPT) abre nesta quarta-feira (5), às 16h30, em evento em Brasília, a campanha Abril Verde, para lembrar das vítimas de acidentes de trabalho no mês em que se celebra o dia mundial (28) em memória dos trabalhadores.  Em 2015, último dado disponível, o país registrou 612.632 acidentes, segundo dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), com 2.502

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

MPT diz que Reforma Trabalhista de Temer é "inconstitucional"

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Estudo
Chamada: 
Órgão publicou análise realizada por procuradores indicando “rejeição” ou “alteração” da proposta

Em publicação oficial, divulgada nesta quarta-feira (25), o Ministério Público do Trabalho (MPT) indicou que a proposta de Reforma Trabalhista da gestão Michel Temer é “inconstitucional” e indicou por sua “rejeição” ou “alteração”. A publicação traz a análise de 12 procuradores do MPT.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Em audiência com MPT, FUP garante compromisso da Petrobrás em não punir grevistas

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Nesta segunda-feira, 14, foi realizada audiência de mediação entre FUP, Petrobrás e Ministério Público do Trabalho, na sede do MPT em Brasília, para discutir as não punições aos trabalhadores que participaram da última greve nacional dos petroleiros.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Gilson Sá
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

MPT investigará denúncias da FUP sobre práticas antissindicais da Petrobrás durante a greve

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Em audiência realizada terça-feira (17) em Brasília, com o procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Fleury, e o chefe da Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade Sindical (Conalis), João Carlos Teixeira, a FUP cobrou uma apuração rigorosa sobre as práticas antissindicais cometidas pela Petrobrás e por suas subsidiárias durante a greve dos petroleiros.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
MPT
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

FUP discute com MPT práticas antissindicais da Petrobrás durante a greve e cobra da companhia revisão do tratamento dos dias parados

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A FUP realiza nesta terça-feira, 17, à tarde, audiência com a Procuradoria Geral do Trabalho, em Brasília, para cobrar apuração das práticas antissindicais da Petrobrás e subsidiárias durante a greve. Nas últimas semanas, as entidades sindicais denunciaram as medidas arbitrárias tomadas pela empresa na tentativa de criminalizar os trabalhadores e suas organizações, violando a Lei 7783/89, que garante o direito de greve.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

SINDIPETRO-RN apoia campanha de combate à corrupção

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Dez Medidas
Chamada: 
Ministério Público Federal pretende arrecadar 1,5 milhão de assinaturas para Projeto

Em atendimento a uma convocação feita pela Procuradoria Regional do Trabalho, junto ao Movimento Articulado de Combate à Corrupção, diversos sindicatos de trabalhadores, dentre eles, o SINDIPETRO-RN, compareceram ao MPT/RN, no último dia 27 de agosto, para discutir a adesão à campanha “Dez medidas contra a corrupção”, de iniciativa do Ministério Público Federal – MPF.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Ano novo, SMS velho: Explosão na RLAM deixa três trabalhadores feridos

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Insegurança no trabalho
Chamada: 
2014 foi marcado por uma série de acidentes que feriu, mutilou e matou 15 trabalhadores na Petrobrás

O ano mal começou e, na Petrobrás, já ocorrem acidentes recorrentes e semelhantes aos de 2014, que foi marcado por uma série de acidentes que feriu, mutilou e matou 15 trabalhadores nas unidades da empresa.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FUP
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Greve dos trabalhadores da Empercom volta à pauta do Ministério Público

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
Salários atrasados
Chamada: 
Audiência na próxima quarta-feira, 21, deverá determinar forma de pagamento

Na foto, advogado do SINDIPETRO-RN explica aos trabalhadores a decisão da justiça

 

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Portal Difusora Mossoró
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Trabalhadores da TENASA vão à justiça exigir pagamento de salários e benefícios atrasados

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
SETOR PRIVADO
Chamada: 
A orientação é que categoria só retornará ao trabalho quando os valores forem depositados

Paralisação e formalização de um abaixo assinado para exigir da Tenasa o pagamento de salários e benefícios em atraso. Foi nesse contexto que o SINDIPETRO-RN se dirigiu ao Ministério Público do Trabalho - MPT, nesta terça-feira, 11, em Mossoró, para cobrar da Justiça providências diante do desrespeito que vem acontecendo, nos últimos dias, aos direitos dos trabalhadores. 

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

MPT entra com ação contra Banco do Brasil por assédio moral em cobrança de metas

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Piauí
Chamada: 
Pressão sofrida por trabalhadores era 'injustificável e insuportável', diz procuradora, citando alguns casos

O Ministério Público do Trabalho (MPT) do Piauí informou que entrou com ação civil pública contra o Banco do Brasil, por dano moral coletivo, no valor de R$ 10 milhões. Segundo o MPT, o motivo é o assédio moral sofrido por funcionários no estado para obtenção de metas. "A principal forma de pressão é por mensagens SMS em aparelhos celulares. O valor da multa deverá ser revertido em campanha publicitária de combate ao assédio moral no trabalho e em programas de acompanhamento psicológico aos trabalhadores", diz o Ministério Público.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo