Pular para o menu

Desempenho do PP-1 reforça necessidade de revisão da proposta de equacionamento

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O desempenho alcançado pelo Plano Petros-1 durante o ano de 2017 reforça a necessidade de revisão da proposta de equacionamento do déficit apresentada pela PETROS. A opinião é defendida pelo membro do Conselho Deliberativo da instituição, Norton Cardoso Almeida. O conselheiro manifestou esse posicionamento em seminário promovido pelo SINDIPETRO-RN, nos dias 7 e 8 de fevereiro, em Mossoró e Natal, respectivamente.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Gilson Sá
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo