Pular para o menu

Após 14 anos da P-36, mais de 200 petroleiros morreram em acidentes

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Este domingo, 15, será marcado pela passagem de 14 anos da tragédia da P-36, plataforma da Petrobrás que afundou na Bacia de Campo, em 2001, causando a morte de 11 trabalhadores. Os petroleiros do Norte Fluminense, mais uma vez, prestarão homenagens às vítimas deste que é considerado um dos maiores acidentes da indústria do petróleo. A manifestação também servirá para ressaltar aos trabalhadores que agora, mais do que nunca, é preciso intensificar a luta para que a Petrobrás e demais operadoras apontem mudanças estruturais em suas gestões de SMS.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Treze anos após afundamento da P-36, segurança continua no topo da pauta dos petroleiros

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Há 13 anos, no dia 15 de março de 2001, a P-36, na época a maior plataforma da Petrobrás, afundou, após uma sequência de explosões, que resultaram na morte de 11 trabalhadores. Desde então, esse acidente tornou-se um divisor de águas na luta do movimento sindical fupista por condições seguras de trabalho, não só no Sistema Petrobrás, como em toda a indústria de petróleodo Brasil.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Audiência Pública registra passagem dos onze anos do afundamento da P-36

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
INSEGURANÇA
Chamada: 
Coincidência ou não, nesta terça-feira, um incêndio causou o adernamento da plataforma SS-39 na Bacia de Campos

Como forma de registrar os onze anos do afundamento da P-36, o diretor do SINDIPETRO-RN e vereador (PCdoB/RN), George Câmara, discutiu, em Audiência Pública de sua iniciativa, realizada nesta quinta-feira, 15 de março, na Câmara dos Vereadores, o significado da data.

Na Audiência, George Câmara lembrou as condições de insegurança que ocasionaram a explosão ocorrida  em uma das colunas da P-36, em 2001, e posterior afundamento, ressaltando a repetição desses problemas tantos anos depois da tragédia.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Graziella Sousa
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Acidente da P-36 completa 11 anos e será marcado por ato dos petroleiros

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Nesta quinta-feira, dia 15 de março de 2012, completam 11 anos do acidente da P-36 no Hepiliporto do Farol e nos Aeroportos de Macaé e Cabo Frio, com o resultado trágico de 11 petroleiros da Bacia de Campos mortos no naufrágio. O Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense - Sindipetro-NF e a Federação Única dos Petroleiros - FUP, realizaram no início da manhã um ato com a participação de algumas viúvas dos petroleiros e cobrou o emprenho da Petrobras por mais segurança.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo