Pular para o menu

Trabalhadores da PERBRAS do RN cruzam os braços por avanços no ACT

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chamada: 
Protesto aconteceu nas cidades de Mossoró, Alto do Rodrigues e Serra do Mel

No Dia Nacional de Luta por “Nem um direito a menos!”, trabalhadores e trabalhadoras da PERBRAS que atuam no Rio Grande do Norte cruzaram os braços e promoveram parada de advertência. A atividade foi realizada nesta sexta-feira, 15, nas bases administrativas e operacionais da Petrobras no Alto do Rodrigues, Mossoró e na sonda de produção SPT – 80, que está operando no município de Serra do Mel.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Deivson Mendes
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

FUP e Sindicatos aguardam contraproposta da Perbrás, nesta quarta, 25

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Setor Privado
Chamada: 
Negociação do Acordo Coletivo aconteceu na última quinta-feira, 19, em Recife

Os dirigentes sindicais argumentaram sobre a importância de manter o atual ACT, reivindicando ainda reajuste de 1,71% nos salários e tickets e mais ganho real. Foi cobrado também da empresa a garantia do Sindipetro NF como legítimo representante dos trabalhadores da base da Bacia de Campos. De acordo com o diretor do Sindipetro Bahia, Radiovaldo Costa, a FUP e os sindicatos deixaram claro que sem esse reconhecimento não haverá assinatura do acordo”.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Trabalhadores da Baker /BJ e da Perbras acatam propostas de Acordo

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
Setor Privado
Chamada: 
Refletindo a crise econômica e a retração de investimentos reajustes ficaram abaixo da inflação

No mês de janeiro, além do Acordo Coletivo dos trabalhadores e trabalhadoras da Petrobrás, foram fechados os ACTs da Baker/BJ e da Perbras, referentes ao período 2016/2017. Na Perbras, as assembleias realizadas entre os dias 23 e 27, nas cidades de Areia Branca, Alto do Rodrigues e Mossoró, decidiram acatar a contraproposta da empresa, com um índice de reajuste salarial de 6%.

Imagem para destaque: 
destaque
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Assembleias na PERBRAS devem ser concluídas até o fim de novembro

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Setor Privado
Chamada: 
Trabalhadores estão aprovando reposição integral da inflação em salários e benefícios

A rodada de assembleias com trabalhadores e trabalhadoras da PERBRAS para fechamento da proposta de Acordo Coletivo de Trabalho – 2016/17 deverá ser concluída até o fim de novembro. A previsão foi anunciada nesta quarta-feira, 23, pelo Diretor do SINDIPETRO-RN para Assuntos do Setor Privado e Terceirizados, Manoel Assunção.

Imagem para destaque: 
destaque
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Trabalhadores da PERBRÁS aprovam pauta reivindicatória

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Setor Privado
Chamada: 
Categoria reclama reajustes e alterações em 14 cláusulas econômicas e sociais

Em assembleia realizada nesta quarta-feira, 30, trabalhadores da PERBRÁS, lotados em bases sediadas no Rio Grande do Norte, aprovaram, por unanimidade, a Pauta Reivindicatória para o Acordo Coletivo de Trabalho 2015/2016. A seção deliberativa foi dirigida pelo diretor para Assuntos do Setor Privado e Terceirizado do SINDIPETRO – RN, Manoel Assunção.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Trabalhadores da PERBRAS denunciam manipulação de regime

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
SC-86
Chamada: 
Prática fere o Acordo Coletivo de Trabalho e foi denunciada à Gerência da CIP

O SINDIPETRO–RN está apurando uma denúncia de manipulação de regime de trabalho na sonda SC – 86, em Mossoró, operada pela PERBRAS. Iniciada nos primeiros dias de julho, a prática consiste na alteração do turno interrupto de revezamento (12x12) para oito horas de trabalho corrido, sendo as demais quatro horas resguardadas para futuras compensações. Com a jornada praticada nesses moldes, caberia aos trabalhadores o recebimento do adicional de sobreaviso, o qual não está previsto no Acordo Coletivo de Trabalho – ACT.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Deivson Mendes
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Trabalhadores da Empercom começam a receber salários e benefícios atrasados

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
Desfecho
Chamada: 
Sindicato luta para que a mão de obra seja reaproveitada na retomada dos serviços

Finalmente, os salários do mês de março e os dias trabalhados em abril começaram a ser pagos aos trabalhadores da EMPERCOM. Os recursos foram liberados na última terça-feira, 3 de junho, e, segundo a assessoria jurídica do SINDIPETRO-RN, a perspectiva é de que até a próxima sexta-feira, 6, todos tenham recebido.  Apesar das recentes conquistas, os trabalhadores ainda se sentem angustiados por desconhecerem quem assumirá os contratos da EMPERCOM.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Trabalhadores aprovam proposta de Acordo Coletivo de Trabalho

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
PERBRAS
Chamada: 
Negociação do Acordo Coletivo de Trabalho também revê cálculo de adicionais e benefícios da sondagem

Em assembleia realizada na última quinta-feira, 4/04, na cidade de Areia Branca (RN), trabalhadores da Empresa Brasileira de Perfurações – PERBRAS decidiram autorizar o SINDIPETRO-RN a assinar proposta de Acordo Coletivo de Trabalho – ACT (2012-2013). Conforme os termos acordados, os salários sofrerão reajuste de 6,5%. O mesmo percentual incidirá sobre o vale-alimentação (cesta básica), que passa de R$ 325,00 para R$ 346,00, e sobre o tíquete-refeição, que vai de R$ 10,80 para R$ 11,50.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:
Divulgar conteúdo