Pular para o menu

Petrobrás

Acidentes e mortes no rastro do sucateamento da Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Os trabalhadores do Sistema Petrobrás estão à beira de uma grande tragédia anunciada. Só nos últimos quatro meses, duas refinarias passaram por explosão e incêndio, um trabalhador sofreu graves queimaduras por ácido sulfúrico e outro perdeu a vida ao operar um guindaste que estava condenado há mais de duas décadas. Em reunião nesta quinta-feira, 06, com a Gerência de Saúde e Segurança da Petrobrás (SMS), a FUP responsabilizou a gestão da empresa pela insegurança que coloca diariamente em risco os trabalhadores.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

O que Bolsonaro quer para o futuro da Petrobrás?

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Há poucos dias, o presidente eleito Jair Bolsonaro indicou o novo Presidente da Petrobras, o entreguista Roberto Castello Branco. Na Petrobras – assim como em quase todas as pautas políticas e econômicas – Bolsonaro se mostra, cada vez mais, uma continuidade piorada do governo Temer. 

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petrobrás anuncia venda do Polo Riacho da Forquilha

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Petrobrás anunciou nesta quarta-feira, 28, a cessão de sua participação total em 34 campos de produção terrestres, localizados na Bacia Potiguar, para a empresa 3R Petroleum. A informação foi publicada como “Fato Relevante” na página que a companhia mantém para relacionamento com investidores (http://www.investidorpetrobras.com.br).

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Microempresa compra Riacho da Forquilha por US$ 453 milhões

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

De acordo com informações divulgadas pela Petrobrás nesta quarta-feira, 28, a nova detentora das 34 concessões de campos de petróleo situadas no Polo Riacho da Forquilha, no Rio Grande do Norte, será a empresa 3R Petroleum. O valor informado da transação foi de US$ 453,1 milhões, envolvendo uma área com produção diária de 6 mil barris.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

PLR: Vale a lei ou a resolução?

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A FUP tornou a questionar as mudanças que os gestores querem fazer no regramento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), em reunião com a Petrobrás na última sexta-feira, 16. Para justificar a nova metodologia proposta, a empresa ressuscitou a Resolução 10 de 1995, editada pelo antigo CCE (Conselho de Coordenação e Controle das Empresas Estatais), cujas recomendações, além de ultrapassadas, são contraditórias com a Lei 10101/2000, que regulamenta o pagamento da PLR.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FUP
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petrobrás quer discutir mudanças estruturais no regramento da PLR

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Em reunião com a FUP nesta quarta-feira, 07, a Petrobrás apresentou os principais pontos que pretende discutir com as entidades sindicais sobre uma nova metodologia de regramento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O atual acordo pactuado com a FUP e seus sindicatos tem validade até 30 de março de 2019, mas, segundo a Petrobrás, a Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST) estabeleceu prazo até o final de novembro para que as estatais apresentem indicadores e metas para a PLR referente ao exercício de 2019.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Bolsonaro quer entreguista no MME e militar na Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Às vésperas do segundo turno da eleição presidencial, a equipe do candidato da extrema direita, Jair Bolsonaro, já começa a dar pistas do que está por vir no campo econômico, se ele for eleito no domingo. Fica cada vez mais clara a intenção de se radicalizar a entrega do pré-sal para as petroleiras estrangeiras e acelerar a privatização da Petrobrás. Nos bastidores da campanha, ganha força o nome do deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA) para o Ministério das Minas e Energia, caso Bolsonaro saia vitorioso das urnas.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FUP
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Compare as propostas de Haddad e Bolsonaro para a Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

As propostas que os candidatos à Presidência do país, Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL), apresentam em seus programas de governo para a Petrobrás estão em caminhos opostos.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

FUP apresenta ao presidente da Petrobrás alternativa para equacionamento dos Planos Petros

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Em mais uma etapa da luta pela construção de alternativas para o equacionamento dos déficits dos Planos Petros (PPSP-R e PPSP-NR), representantes da FUP se reuniram nesta terça-feira, 02/10, com o presidente da Petrobrás, Ivan Monteiro. A reunião contou com a participação do coordenador em exercício da FUP, Simão Zanardi Filho, dos conselheiros deliberativos eleitos, Paulo César Martin e Norton Almeida, e do petroleiro aposentado Hélio Libório, que integram o GT Petros.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Após cinco leilões, multinacionais já são donas de 75% das reservas do Pré-Sal

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

 

Como já era previsto, as petrolíferas estrangeiras fizeram a festa durante a 5ª Rodada de Licitação do Pré-Sal, onde arremataram mais de 90% dos 17,39 bilhões de barris de petróleo que foram leiloados. Fazendo a equivalência entre os R$ 6,82 bilhões que o governo arrecadou em bônus de assinatura e o valor atual do barril de petróleo, chegaremos a bagatela de R$ 0,34 o preço médio pago por cada barril do Pré-Sal leiloado.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FUP
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo