Pular para o menu

Pedro Parente pede demissão da Petrobrás: golpe sofre derrota

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O presidente da Petrobrás, Pedro Parente, pediu demissão na manhã desta sexta-feira, 1º/06, “em caráter irrevogável e irretratável”.  Em carta enviada ao presidente-golpista Michel Temer, com quem se reuniu hoje, o executivo afirma que sua permanência na presidência da Petrobrás “deixou de ser positiva e de contribuir para a construção das alternativas que o governo tem pela frente”.

Imagem para destaque: 
destaque
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo