Pular para o menu

Segundo IBGE, PIB brasileiro teve retração de 3,8% em 2015

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
PIB em queda
Chamada: 
Segundo economista, pelo menos 70% da crise econômica é decorrente dos problemas na política

O IBGE divulgou que o PIB brasileiro teve retração de 3,8% em 2015, pior resultado desde o recuo de 4,3% em 1990. Para o economista Guilherme Delgado não há como dissociar a atual situação da economia brasileira da crise política interna. 
Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Portal Vermelho
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário

Compartilhar:

Corte de investimentos na Petrobras é maior causa da retração do PIB

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Fazenda
Chamada: 
Estudo foi divulgado pela Secretaria de Política Econômica, nesta quarta-feira, 21

Estudo divulgado pela Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Fazenda aponta que a redução dos investimentos da petroleira de US$ 37,1 bilhões em 2014 para US$ 25 bilhões em 2015 será responsável por pelo menos 2 pontos percentuais da contração do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país); oficialmente, a SPE prevê retração de 2,44% do PIB este ano, mas o boletim Focus, pesquisa semanal com instituições financeiras divulgada pelo Ban

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Governo anuncia mais de R$ 8 bilhões para PAC Equipamentos

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
ECONOMIA
Chamada: 
Objetivo é disponibilizar R$ 8,4 bilhões a compras governamentais com preferência à aquisição de produtos da

Daniel Lima, Yara Aquino e Pedro Peduzzi
Repórteres da Agência Brasil

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Em marcha em Brasília, professores pedem aplicação de 10% do PIB em educação

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
INCENTIVO
Chamada: 
Hoje esse patamar está em torno de 5%. Os manifestantes também defendem a aprovação pela Câmara, ainda este ano, do PNE

Professores de todo o país participaram hoje (26) de uma manifestação, no centro da capital federal, para pedir mais investimentos em educação e o cumprimento da lei que estabelece um piso salarial nacional para a categoria, que atualmente é R$ 1.187,97.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

No 7 de Setembro estudantes cobram 10% do PIB para a educação

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A União Nacional dos Estudantes (UNE), a União Brasileira de Estudantes Secundaristas (Ubes) e a Associação Nacional de Pós Graduandos (ANPG) divulgaram neste 7 de Setembro uma "carta aos estudantes brasileiros".

O documento é assinado pelos presidentes das entidades estudantis e comemora a data ao mesmo tempo em que pede a aprovação de uma reforma política ampla, que fortaleça a democracia e a participação popular e combata a corrupção e os privilégios de poucos.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Dilma adota tom discreto e diz que PIB brasileiro “foi bom”

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A presidente Dilma Rousseff adotou tom discreto para classificar o crescimento de 7,5% da economia brasileira no ano passado, o maior desde 1986, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Ipea: Gasto social com educação é o que mais eleva o PIB

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Em seu Comunicado nº 75, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revela a importância que os gastos sociais adquiriram no Brasil para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e a redução das desigualdades. Segundo o estudo, que usou como base dados de 2006, cada R$ 1 gasto com educação pública gera R$ 1,85 para o PIB, e o mesmo valor investido na saúde gera R$ 1,70. Foram considerados os gastos públicos assumidos pela União, pelos estados e municípios.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Economia brasileira deve crescer 4,5% este ano, diz Focus

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A economia brasileira deve crescer 4,5% este ano na avaliação de analistas do mercado financeiro consultados semanalmente pelo Banco Central (BC). Essa é a mesma projeção do boletim Focus divulgado na semana passada. Para 2012, também foi mantida a estimativa (4,5%) de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todas as riquezas produzidas no país.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Remessas do capital estrangeiro explicam rombo na conta externa

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O Brasil registrou déficit de US$ 47,5 bilhões nas transações correntes do balanço de pagamentos em 2010. O valor é recorde em termos absolutos e corresponde a 2,28% do PIB, o que significa um avanço apreciável em relação a 2009, ano crítico para a economia nacional, em que o saldo negativo em conta corrente ficou em US$ 24,3 bilhões ou 1,52% do PIB. A renda apropriada pelo capital estrangeiro e remetida ao exterior é a principal causa do rombo.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

FMI eleva para 4,5% a projeção de crescimento do PIB do Brasil

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou nesta terça-feira (25) a análise sobre as perspectivas para a economia em 2011 e 2012, depois da crise financeira internacional. O FMI elevou a projeção do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro de 4,1% para 4,5%. Já para 2012, o FMI estima que a economia nacional deve crescer 4,1%.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo