Pular para o menu

Sindicato orienta recadastramento para quem sai com PIDV

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
AMS
Chamada: 
Antecipação do procedimento é importante para evitar problemas de acesso ao sistema

O SINDIPETRO-RN orienta os petroleiros e petroleiras que estão aderindo ao PIDV a fazerem a transferência de cadastramento na Assistência Multidisciplinar de Saúde - AMS com antecedência mínima de 60 dias em relação à data de desligamento. É muito importante estar atento a esse prazo, para que não ocorram problemas de acesso ao sistema de assistência à saúde, em hospitais e clínicas.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Acidentes e precarização: conta do PIDV da Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A redução de efetivos imposta pela gestão da Petrobrás precarizou ainda mais as condições de trabalho, principalmente nas unidades operacionais, onde os riscos de acidentes se multiplicaram. Com o quadro de trabalhadores cada vez mais reduzido nas plataformas, refinarias, terminais e outras unidades, a empresa vem atropelando normas e procedimentos básicos de segurança.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

FUP diz que PIDV aumentará risco de acidentes na Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
PETROLEIROS
Chamada: 
Adesão de 11,7 mil funcionários ao programa representa redução drástica no quadro da estatal

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) afirma que os desligamentos de funcionários da Petrobras pelo Plano de Incentivo à Demissão Voluntária (PIDV) vão aumentar o risco de acidentes nas diversas frentes de trabalho da empresa.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Diretoria privatista da Petrobrás afirma que plano de demissão deve atingir 8 mil empregados

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A diretoria da Petrobrás, comandada pelo privatista Pedro Parente, afirma que haverá a adesão de 8 mil empregados ao Programa de Incentivo à Demissão Voluntária (PIDV). Segundo fonte da empresa, até a última sexta-feira (26), mais de 7 mil, sob forte pressão, aderiram ao programa. Um novo balanço ainda não foi feito, porque a expectativa era de que muitos funcionários, até então em dúvida, se manifestassem no último momento.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

PIDV sem reposição de efetivo coloca em risco trabalhadores e unidades

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Petrobrás descumpre ACT, NR-20 e diz que redução do efetivo dará retorno financeiro aos acionistas de 657%

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FUP
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

FUP orienta petroleiros a não aderirem ao PIDV antes da realização do Fórum de Efetivos

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O novo Plano de Incentivo ao Desligamento Voluntário (PIDV) anunciado pela Petrobrás é uma afronta às lutas históricas que os petroleiros vêm travando nos últimos anos para impedir a privatização da empresa e garantir condições seguras de trabalho.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Bira
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

FUP exige que Petrobrás cumpra o Acordo Coletivo de Trabalho e suspenda PIDV

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Nesta quarta-feira, 06, a FUP enviou documento à Petrobrás, cobrando a suspensão do Plano de Incentivo ao Desligamento Voluntário (PIDV), enquanto a empresa não cumprir a Cláusula 91 do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), que garante a manutenção de "um fórum corporativo para discutir questões envolvendo o efetivo de pessoal".

Sem qualquer discussão com o movimento sindical, a Petrobrás quer dispensar 12 mil trabalhadores, "independente de idade e tempo de empresa", como comunicou ao mercado.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FUP
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Concurso anunciado pela Petrobrás nem sequer repõe vagas decorrentes do PIDV

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
EDITAL
Chamada: 
Sindicato saúda iniciativa, mas continuará cobrando preenchimento de postos de trabalho

Depois de repetidas cobranças da categoria petroleira, a Petrobrás, finalmente, divulgou um edital de concurso público para preenchimento de 8.088 oportunidades de trabalho para níveis médio e superior. Lançado na última sexta-feira, 15, o aviso oficial prevê o preenchimento imediato de 663 vagas, sendo que os outros 7.452 aprovados formarão o cadastro de reserva.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Presidenta da Petrobrás responde à FUP sobre reposição de vagas

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
PIDV
Chamada: 
Contratações dos novos trabalhadores devem começar a partir de janeiro de 2015, garantiu Graça

A  FUP reuniu-se no último dia 30 com a presidenta da Petrobrás, Maria das Graças Foster, para cobrar a reposição integral de todos os postos de trabalho que foram suprimidos pelo PIDV, que teve uma adesão de 12,4% dos efetivos próprios da companhia. Graça Foster informou que a empresa divulgará em breve um edital de concurso público, que será realizado dentro do prazo previsto pela legislação, já que estamos em ano eleitoral. Em função disso, a contratação dos novos trabalhadores só deverá começar a ser feita a partir de janeiro de 2015.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

PIDV: Terceira etapa de homologações foi realizada no dia 30 de maio

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
PIDV
Chamada: 
Sindicato reafirma o compromisso de luta em defesa dos interesses dos novos aposentados

O SINDIPETRO-RN acompanhou a terceira etapa de homologações das aposentadorias dos trabalhadores e trabalhadoras que aderiram ao Programa Incentivado de Desligamento Voluntário – PDIV da Petrobrás. Realizado na última sexta-feira, 30 de maio, o procedimento ocorreu como esperado. As poucas documentações erradas foram devolvidas para a devida correção. Foram 32 homologações realizadas nesta terceira etapa do Programa, em Natal e Mossoró.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
SINDIPETRO-RN
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo