Pular para o menu

Redução de efetivos: FUP denuncia fraudes em regimes e jornada de trabalho na Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Em virtude de cobrança por parte da FUP, a Petrobrás voltou a realizar reunião específica da Comissão de Regimes de Trabalho, cujas demandas vinham sendo tratadas no âmbito da Comissão de Acompanhamento do Acordo Coletivo de Trabalho. A redução de efetivos e o sistemático descumprimento da legislação trabalhista e das cláusulas pactuadas no ACT estiveram novamente no centro do debate, nesta segunda-feira, 09.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Redução em jornada de trabalho será tema do próximo “SINDIPETRO-RN Debate”

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O segundo tema a ser discutido no “SINDIPETRO-RN Debate”, será a Redução na Jornada de Trabalho. O projeto, que prevê 4 temas, é realizado pelos diretores e acontece sempre nas terças-feiras, às 18h30, na subsede da entidade em Mossoró, visando dialogar com petroleiros e petroleiras as possíveis alterações no ACT e levar os encaminhamentos como proposta para negociações com gestão da Petrobrás.

Imagem para destaque: 
destaque
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

SINDIPETRO-RN orienta quem quer solicitar redução na jornada de trabalho

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Regramento
Chamada: 
Pedidos de adesão estão sendo feitos desde o dia 03 de abril por meio do botão compartilhado

No Termo Aditivo do ACT 2015/2017, da última Campanha Salarial, foi garantido que a Petrobrás era obrigada a discutir, detalhadamente com a FUP, regras e critérios para alterar a jornada dos petroleiros (as) de regime administrativo com horário flexível, de forma a garantir que a adesão seja de fato opcional e que não gere discriminações, nem privilégios, bem como não seja utilizada como ferramenta de assédio ou estímulo à terceirização.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Redução de jornada sem pressão, sem assédio e sem terceirização

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Em reunião com a Petrobrás, nesta quinta-feira, 09/02, a FUP cobrou esclarecimento sobre o desconto de INSS no contracheque do acerto do reajuste salarial. A companhia afirmou que é apenas uma questão contábil, e, que, quem já paga pelo teto não terá desconto no pagamento de fevereiro, enquanto quem não paga pelo teto terá cobrada apenas a diferença.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Gabrielli: Temer encaminha processo de redução da Petrobras

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Economia

“O governo interino deverá radicalizar as mudanças já em curso na Petrobras, no sentido de abandonar a política de conteúdo nacional e reduzir seu peso nas operações, em um contexto de transferência de atividades ao capital externo e presença predominante de representantes do mercado financeiro no Conselho de Administração”

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Centrais sindicais entram em campo contra redução de direitos e empregos

Publicar no Na Hora: 
off

A CUT, CTB e demais centrais sindicais realizaram no dia 13 de janeiro a primeira reunião do ano, em meio a um cenário de demissões no ABC paulista e nas obras contratadas pela Petrobrás, além das medidas do governo que reduzem benefícios da Previdência Social. Em resposta a estes ataques, as lideranças sindicais anunciaram duas grandes mobilizações para janeiro e fevereiro.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Trabalho é o fator que mais contribui na redução da desigualdade

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Brasil
Chamada: 
formalização do mercado e o aumento do salário são os fatores que mais contribuíram para queda da desigualdade social

A formalização do mercado de trabalho e o aumento do salário dos trabalhadores são os fatores que mais contribuíram para a queda da desigualdade social nos últimos anos. Esses dois fatores superam até mesmo outras fontes de renda do brasileiro provindas do Orçamento da União, como a Previdência e programas sociais concedidos pelo governo. Para a conta, foi utilizado como benefício social o índice de Gini, que mede a desigualdade de renda.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
CTB
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Assembleia Legislativa da Bahia discute atuação da Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Coincidência?
Chamada: 
A exemplo do RN, redução de investimentos tem trazido prejuízos e ameaças à economia do Estado

Com o tema “Em defesa dos investimentos da Petrobrás na Bahia”, a Assembleia Legislativa daquele Estado promoveu Audiência Pública, na manhã desta segunda-feira, 20.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Alex Régis
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

FUP cobra redução de IR nas PLRs em audiência no Senado

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O coordenador da FUP, João Antônio de Moraes, representou a CUT em audiência pública no Senado, nesta terça-feira, na comissão mista que analisa a Medida Provisória 597/12, que isenta de Imposto de Renda (IR) trabalhadores que recebem até R$ 6 mil a título de participação nos lucros e resultados.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Caixa volta a anunciar redução de taxas de juros

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
ECONOMIA
Chamada: 
Segundo o Banco, as novas taxas, cortadas em 0,75 ponto percentual, passam a vigorar na próxima segunda-feira (23)

Kelly Oliveira
Repórter da Agência Brasil

 

Brasília - A Caixa Econômica Federal voltou a anunciar redução na taxa de juros de produtos para pessoa física e jurídica.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo