Pular para o menu

A Petrobrás pode vender refinarias? E a decisão do STF sobre privatização de estatais?

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Petrobrás iniciou a venda de quatro das oito refinarias, junto com os terminais marítimos e terrestres, além de todo o sistema logístico ligado a essas unidades operacionais, cuja privatização foi anunciada em abril deste ano. Porém, recentemente, uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) liberou a venda de subsidiárias de estatais sem aval do Legislativo e sem Licitação, mas manteve essas regras para venda de empresas mãe, como é o caso da Petrobrás.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Decisão política de venda das refinarias da Petrobras

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Aprovado já pelos ministros do governo que compõem o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), a Petrobras pretende vender oito de suas treze refinarias em até 24 meses, disse o presidente da petrolífera, Roberto Castello Branco. A estatal já fez divulgação de oportunidades de venda, a qual será realizada em duas etapas.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
UOL Economia
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

"O presidente da Petrobrás mente quando diz que vender refinarias vai baixar os preços", afirma FUP

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) participou nesta quarta-feira (25) de audiência pública no Senado Federal, que debateu a política de preços dos combustíveis pela Petrobras, suas consequências na atração de investimentos em refino, infraestrutura logística e impacto para os consumidores.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Quais são as perspectivas com a venda das refinarias da Petrobras?

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Privatização
Chamada: 
Castello Branco: “Minha ideia é ficar com menos de 50% da capacidade do refino"

Desde que assumiu a presidência da Petrobras, Roberto Castello Branco colocou como prioridade da sua gestão a venda de parte do parque de refino da estatal brasileira. Segundo notícia veiculada pela Forbes, em uma de suas primeiras declarações como presidente da Petrobras, Castello Branco, em janeiro de 2019 afirmou que não pretendia se “prender a um programa tímido de venda do refino, [como por exemplo] vender 60% de ‘clusters’(...) restringir compradores. Qualquer um [agente do setor] pode entrar”.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Agência Petrobrás
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Venda das Refinarias da Petrobrás vai doer no bolso

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O debate do reajuste do valor do diesel esconde uma maldade, que é a real intenção deste governo, a venda de todas as refinarias da Petrobrás. E a consequência dessa perversidade está em quem vai pagar por uma gasolina e gás de cozinha mais caros: o trabalhador.

Basta analisar a tabela acima para entender que o grande problema está na atual política dos preços dos combustíveis. A variação nestes últimos 3 meses é maior do que foi durante um ano todo, e que também foi alta.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Black Friday: Parente coloca 06 refinarias na lista de entrega

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Após entregar a preço de banana gasodutos e campos de petróleo em terra e mar, inclusive no Pré-Sal, vender subsidiárias da Petrobrás, doar termoelétricas, fábricas de fertilizantes e vários outros ativos estratégicos por valores irrisórios, Temer e Parente anunciam uma nova queima do patrimônio público.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petrobrás mente em fato relevante sobre desmonte das refinarias

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
GESTÃO TEMERÁRIA
Chamada: 
Em informe divulgado quarta, 26, FUP desmente mentiras dos gestores da Companhia

Em fato relevante divulgado na noite desta terça-feira, 25, a direção da Petrobrás mente grosseiramente, na tentativa de reverter as ações judiciais que suspenderam o estudo de Organização e Métodos de Trabalho (O&M), que a empresa realizou de forma unilateral, descumprindo o Acordo Coletivo de Trabalho e a NR-20.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Refinarias entram na alça de mira dos entreguistas

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Diretor executivo da área financeira e de relacionamentos com investidores da Petrobrás afirmou que a companhia tem US$ 42 bilhões em ativos que podem ser vendidos. Destes, segundo ele, a Petrobrás planeja vender US$ 21 bilhões em 2017 e 2018, com destaque para negociações envolvendo o segmento de refinarias. O diretor também reconhece que a companhia tem solidez financeira e condições de arcar com seus compromissos mesmo sem a execução do plano de venda de ativos.

Imagem para destaque: 
destaque
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Parente quer entregar refinarias, como fez no governo FHC

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A edição de agosto da Revista Brasil Energia dá as pistas para os próximos passos de Pedro Parente em sua missão de privatizar a Petrobrás. Seu papel é quebrar a integração do Sistema, vendendo a empresa aos pedaços, repetindo a estratégia adotada no governo FHC.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FUP
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petrobras bate recorde de processamento em diesel e querosene

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
ECONOMIA
Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil Edição: José Romildo

A Petrobras alcançou recorde diário de processamento em unidades de hidrotratamento de diesel e querosene de aviação nas suas refinarias no Brasil. A carga processada em 10 de setembro foi 109 mil metros cúbicos (m³), o que representa volume de 4 mil m³ superior ao recorde diário anterior, obtido em 6 de junho de 2014.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Christian Vasconcelos
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo