Pular para o menu

Trabalhadores da Central Resources rejeitam contraproposta de ACT

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Setor Privado
Chamada: 
Decisão tomada nesta quarta-feira, 30, já foi comunicada à Gerência da Empresa

Trabalhadores e trabalhadoras da Central Resources decidiram rejeitar a contraproposta de Acordo Coletivo – ACT encaminhada pela empresa. A deliberação foi tomada em Assembleia Geral Extraordinária, realizada nesta quarta-feira, 30, na base administrativa de Areia Branca. A categoria considera um “desrespeito” e um “retrocesso” a retirada do Ticket Refeição, benefício que deixaria de ser concedido quando os trabalhadores entrassem de férias.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Deivson Mendes
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

FUP: resultado parcial das assembleias indica rejeição da proposta da Petrobrás e aprovação de paralisações

Publicar no Na Hora: 
off

De acordo com informações publicadas nesta segunda-feira, 19, no sítio da Federação Única dos Petroleiros – FUP (www.fup.org.br), as assembleias promovidas pelos sindicatos estão rejeitando a última contraproposta de Aditivo ao ACT apresentada pela Petrobrás e, ao mesmo tempo, seguem aprovando o indicativo de realização de paralisações, a serem deflagradas a qualquer momento, a partir da próxima sexta-feira, 23. 

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

SINDIPETRO-RN indica rejeição da contraproposta e abre rodada de sessões deliberativas

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Campanha Reivindicatória

Reunida na tarde desta terça-feira, 22, em Natal, a Diretoria Colegiada do SINDIPETRO-RN deliberou por promover uma assembleia extraordinária, com os trabalhadores e trabalhadoras da Petrobrás, indicando a rejeição da última contraproposta de Aditivo ao Acordo Coletivo de Trabalho 2015-2017, apresentada pela companhia.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Sindicato indica rejeição da contraproposta da Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Campanha Reivindiatória

A Diretoria Colegiada do SINDIPETRO-RN está indicando aos trabalhadores e trabalhadoras da Petrobrás a rejeição da contraproposta ao Aditivo de Acordo Coletivo de Trabalho – ACT 2015/2017, apresentada pela Direção da Companhia na última sexta-feira, 16.

O posicionamento ratifica orientação do Conselho Deliberativo da Federação Única dos Petroleiros – FUP e deverá ser debatido em assembleias, a partir desta quarta-feira, 21, a serem realizadas em todas as principais bases administrativas e operacionais da Petrobrás no RN.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Trabalhadores rejeitam contraproposta para ACT-2015/16

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
Elfe
Chamada: 
Data-limite para apresentação de uma nova proposição que contenha avanços é 14 de maio

Trabalhadores e trabalhadoras da Elfe rejeitaram por unanimidade a contraproposta da Empresa para o estabelecimento do novo Acordo Coletivo de Trabalho (ACT 2015/16). A decisão foi tomada em assembleia realizada na última quinta-feira, 7, na subsede do SINDIPETRO-RN, em Mossoró, motivada por uma oferta de reajuste de salários e benefícios considerada insuficiente.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Petroleiros norte-riograndenses seguem rejeitando proposta salarial da Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
Campanha Reivindicatória

Assembleia realizada nesta quinta-feira, 18, com os trabalhadores do Polo de Guamaré

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
SINDIPETRO-RN
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Lorena, Riacho da Forquilha e Canto do Amaro dizem não à proposta da Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
Campanha Reivindicatória
Chamada: 
Rejeição teve percentual superior a 92% e petroleiros seguem firmes na luta

Com um percentual superior a 92%, petroleiros e petroleiras das bases de Lorena, Riacho da Forquilha e Canto do Amaro rejeitaram a proposta salarial apesentada pela Petrobrás. Em assembleias realizadas nesta quarta-feira, 17, a categoria foi quase unânime ao considerar insuficiente o reajuste oferecido pela Companhia, cujo ganho real varia entre 0,79% e 1%. A decisão segue o indicativo do SINDIPETRO-RN e do Conselho Deliberativo da FUP.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Deivson Mendes
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petroleiros da sede Natal rejeitam proposta salarial da Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Assembleia
Chamada: 
Debate aconteceu na manhã desta terça-feira, 16, e confirmou Ato Público em defesa do Pré-sal na sexta

Os petroleiros e petroleiras presentes à assembleia realizada na sede administrativa da Petrobrás, em Natal, nesta terça-feira, 16, rejeitaram a proposta salarial da Empresa. Com 56 votos pela rejeição e apenas uma abstenção, a decisão segue o indicativo do Conselho Deliberativo da FUP, que divulgou sua posição na última quinta-feira, 11, após reunião, no Rio de Janeiro.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Gilson Sá
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

PLR FUTURA: FUP e sindicatos rejeitam na mesa proposta da Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
REUNIÃO
Chamada: 
Federação Única dos Petroleiros recorre ao DEST para reivindicar mudanças no regramento

FUP

Nesta terça-feira, 11, a FUP se reuniu com a Petrobrás para dar prosseguimento à negociação da PLR futura. A proposta de regramento da empresa é a mesma que foi apresentada em outubro de 2013, com percentuais entre 4% e 5,25% sobre o lucro líquido, sempre com base no cumprimento de metas. A empresa afirmou que a proposta de regramento da PLR será validada para a PLR 2014, a ser paga em 2015. A Federação rejeitou,  em mesa de negociação, a proposta apresentada pela Petrobrás.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Assembleias estão rejeitando proposta rebaixada da Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Participação nos Lucros
Chamada: 
Categoria também faz apelo para que a FUP convoque nova reunião do Conselho Deliberativo

Em assembleias realizadas ontem e hoje, nas principais bases da Petrobrás no Estado, a categoria petroleira norte-rio-grandense vem rejeitando, por significativa maioria, a última proposta de PLR 2012 apresentada pela Companhia.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Gilson Sá
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo