Pular para o menu

Venda

Quais são as perspectivas com a venda das refinarias da Petrobras?

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Privatização
Chamada: 
Castello Branco: “Minha ideia é ficar com menos de 50% da capacidade do refino"

Desde que assumiu a presidência da Petrobras, Roberto Castello Branco colocou como prioridade da sua gestão a venda de parte do parque de refino da estatal brasileira. Segundo notícia veiculada pela Forbes, em uma de suas primeiras declarações como presidente da Petrobras, Castello Branco, em janeiro de 2019 afirmou que não pretendia se “prender a um programa tímido de venda do refino, [como por exemplo] vender 60% de ‘clusters’(...) restringir compradores. Qualquer um [agente do setor] pode entrar”.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Agência Petrobrás
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Venda da TAG vai a julgamento no STF

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O ministro Edson Fachin remeteu ao pleno do STF a decisão sobre a venda da Transportadora Associada de Gás (TAG), mas manifestou-se favorável às argumentações apresentadas em ação movida pelos sindicatos dos petroleiros, entre eles o Unificado.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Venda das Refinarias da Petrobrás vai doer no bolso

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O debate do reajuste do valor do diesel esconde uma maldade, que é a real intenção deste governo, a venda de todas as refinarias da Petrobrás. E a consequência dessa perversidade está em quem vai pagar por uma gasolina e gás de cozinha mais caros: o trabalhador.

Basta analisar a tabela acima para entender que o grande problema está na atual política dos preços dos combustíveis. A variação nestes últimos 3 meses é maior do que foi durante um ano todo, e que também foi alta.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Venda da TAG é ilegal e será contestada pela FUP

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A FUP irá contestar na Justiça a privatização da Transportadora Associada de Gás (TAG), vendida pela Petrobrás por US$ 8,6 bilhões para o grupo francês ENGIE e o fundo canadense CDPQ. O anúncio foi feito no último dia 05, à revelia da decisão cautelar do Ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), que proíbe a venda de ativos de empresas públicas sem autorização do Legislativo.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Jornal DeFato: Petrobras silencia sobre venda do polo Riacho da Forquilha, na bacia Potiguar

Publicar no Na Hora: 
off

A Petrobras silenciou totalmente sobre a venda do polo Riacho da Forquilha, localizado na bacia potiguar, para a empresa 3R Petroleum.

A estatal não se pronunciou quando a Justiça do Trabalho anulou a venda do polo e está se mantendo calada diante da informação de que a 3R Petroleum estaria desistindo do negócio.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Riacho da Forquilha: Sindicato repudia a venda e quer mais esclarecimentos

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Diretoria Colegiada do SINDIPETRO-RN encaminhou correspondência na manhã desta quinta-feira, 29, solicitando informações à empresa 3R Petroleum. Conforme divulgação da Petrobrás, a 3R adquiriu 34 concessões de exploração de petróleo em campos operados pela companhia, na área denominada de Polo Riacho da Forquilha, no Estado do RN, pelo valor de US$ 453,1 milhões.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Christian Vasconcelos
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petrobrás anuncia venda do Polo Riacho da Forquilha

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Petrobrás anunciou nesta quarta-feira, 28, a cessão de sua participação total em 34 campos de produção terrestres, localizados na Bacia Potiguar, para a empresa 3R Petroleum. A informação foi publicada como “Fato Relevante” na página que a companhia mantém para relacionamento com investidores (http://www.investidorpetrobras.com.br).

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Não estamos à venda: o significado da resistência ao PCR

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Petrobrás encerra nesta sexta-feira, 14, a campanha falaciosa que impôs o Plano de Cargos e Remuneração (PCR) aos trabalhadores via cooptação, terrorismo e chantagens das gerências. A FUP e seus sindicatos alertaram o tempo todo para os riscos e prejuízos que os petroleiros amargariam com perdas de direitos e insegurança jurídica, se caíssem nessa arapuca.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Crise financeira da Petrobras é "fake news" para vender ativos

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que interrompeu a venda de ativos a Petrobras, foi vista pelo mercado financeiro como um entrave para a recuperação econômica da estatal brasileira. Mas economistas ouvidos pelo Brasil de Fato ponderam que a privatização de setores da companhia não é a responsável pelos recentes resultados positivos da empresa.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Lewandowski convoca audiência pública no STF sobre venda de estatais

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski convocou audiência pública para discutir a transferência do controle acionário das empresas públicas e suas subsidiárias.  A data do debate ainda não foi marcada, mas deverá ocorrer somente a partir de agosto, após o recesso de julho na Corte.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo