Pular para o menu
1516991266

15ª Rodada da ANP ofertará 13 blocos em áreas offshore da Bacia Potiguar

26 de janeiro de 2018 às 15:27

destaque

Foto: Arquivo

Em Edital publicado na manhã desta sexta-feira, 26, a Agência Nacional de Petróleo – ANP –divulgou as regras e procedimentos para a realização da 15ª Rodada de Licitações para atividades de exploração e produção de petróleo e gás natural. O certame licitará 70 blocos e deverá ser realizado no dia 29 de março, em local ainda a ser definido pela ANP.

De acordo com a Agência, a rodada terá uma etapa com os blocos marítimos (offshore) e outra com os terrestres (onshore). A etapa marítima reunirá áreas de elevado potencial nas bacias de Campos (nove) e Santos (oito), além de blocos de nova fronteira: Ceará (12), Potiguar (13) e Sergipe-Alagoas (sete). Já a etapa terrestre envolverá áreas de nova fronteira nas bacias do Paraná (13) e do Parnaíba (oito).

Na Bacia Potiguar, que se estende por territórios dos Estados do Rio Grande do Norte e do Ceará, serão licitados dois blocos em águas rasas e 11 em águas profundas com cerca dois mil metros de lâmina d’água. A primeira descoberta significativa de petróleo em águas profundas na Bacia Potiguar foi anunciada pela Petrobrás em dezembro de 2013, por meio do poço Pitu, situado em profundidade de água de 1.731 metros.

Em 2014, foi realizado um teste de formação na área do poço de Pitu que confirmou a existência de óleo de boa qualidade (28º API) e as excelentes características do reservatório. Diante desses primeiros resultados e da crise que assola a indústria de petróleo no RN, com graves consequências para a economia potiguar, as representações políticas do Estado deveriam pressionar a Petrobrás a investir na aquisição de novas áreas.

Compartilhar:

Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.