Pular para o menu
1555341146

Abaixo-assinado contra a reforma da Previdência já circula nas ruas e nas redes

15 de abril de 2019 às 12:12

destaque

Foto: Arquivo

Já está circulando, nas ruas e nas redes sociais, um abaixo-assinado contra a reforma da Previdência Social proposta pelo governo Bolsonaro. A coleta de assinaturas conta com o apoio de nove centrais sindicais (CGTB, CSB, SCP-Conlutas, CTB, CUT, Força Sindical, Intersindical, NCST e UGT), além das Frentes Políticas “Brasil Popular” e “Povo sem Medo”. O documento dirige-se aos parlamentares federais solicitando o voto contra a Proposta de Emenda Constitucional nº, 06/2019, que modifica o sistema de Previdência Social.

Nas alegações, o texto do abaixo-assinado afirma que a PEC dificulta o acesso à aposentadoria, aumenta o tempo de contribuição e de trabalho, diminui o valor dos benefícios e ameaça a existência da seguridade social (aposentadoria, benefícios da assistência social como o BPC e as políticas de saúde). Além disso, a proposta não combate a sonegação das empresas devedoras da Previdência, mantém privilégios e incentiva a previdência privada (os planos de capitalização), que só beneficia os banqueiros.    

Paralelamente ao trabalho de coleta de assinaturas, os sindicalistas pretendem associar o trabalho de esclarecimento e conscientização das bases com ações unitárias para pressionar e convencer parlamentares a rejeitar o retrocesso travestido de reforma. Nesse sentido, o esforço de esclarecimento deve ser intensificado com a ocupação de praças e locais públicos, a edição de uma cartilha sobre o tema, panfletagem, assembleias e conversas ao pé do ouvido nos locais de trabalho, de moradia, estudo e lazer.

Clicando aqui você poderá acessar uma cópia do abaixo-assinado. Imprima e distribua com seus parentes e amigos, assegurando que a devolução ocorra o mais breve possível. Assim que receber o formulário preenchido, entregue-o a um diretor do Sindicato ou deixe em uma de nossas sedes.

Arquivos anexados
Compartilhar: