Pular para o menu
1558700501

Abertura da PlenaFUP aponta desafios da conjuntura brasileira para categoria petroleira

24 de maio de 2019 às 09:21

destaque

Foto: FUP na capa / Arthur Varela na matéria

Com o desafio de construir uma ampla agenda de luta contra o desmonte do Sistema Petrobrás e em defesa dos direitos da categoria, a 8ª PlenaFUP contou com cerca de 200 trabalhadores presentes na primeira noite do evento, que aconteceu nesta quinta-feira, 23, em Belo Horizonte/MG, na Escola Sindical de Canoas.

Na solenidade de abertura, a plenária realizou uma homenagem ao ex-presidente do Sindipetro-MG, Márcio Nicolau Machado, morto no início do ano em um trágico acidente de carro. Foi exibido um documentário com diversos depoimentos sobre a importância do sindicalista e sua atuação nos movimentos sociais mineiros.

Durante as falas, foi destacada a importância da realização de uma Plenária realizada na vigência de um governo que vem cumprindo seu nefasto e previsto plano de ações, que tem o objetivo de  destruir a soberania do país, entregando as riquezas nacionais e submetendo os brasileiros as duras regras que flexibilizam cruelmente a legislação trabalhista e a previdência social. Governo que pretende acabar com o ensino público fazendo do nosso país uma imensa colônia extrativista e de mão de obra barata.

Além das reformas ultraliberais do governo Bolsonaro que afetam toda a classe trabalhadora, os petroleiros enfrentam uma das campanhas reivindicatórias mais duras da história da categoria.  Na quarta-feira, 22, os gestores da Petrobrás apresentaram uma proposta de desmonte do Acordo Coletivo de Trabalho, que aniquila direitos e benefícios sociais e ataca frontalmente as organizações sindicais, pavimentando o caminho para a privatização da empresa.

É nessa conjuntura repleta de desafios que acontece a 8ª Plenafup, cujo tema “Liberdade Sindical, Direitos e Petrobrás do povo” sintetiza os desafios postos para a categoria petroleira.  

Programação:

24/05 – sexta-feira

07h – ato na Regap contra a venda das refinarias da Petrobrás e o aumento dos combustíveis

14h15 – Painel de Debate - Reforma da previdência ou ajuste fiscal para os pobres?

17h30 - lançamento do livro do INEEP

25/05 – sábado

09h – Painel de Debate - Efeitos da reforma trabalhista e Liberdade sindical - Por que querem acabar com os sindicatos?

11h - Painel de Debate - A privatização e a política de preços da Petrobrás - A farsa da Lava Jato

15h – Trabalhos em grupos:

Grupo 1 – Luta contra a Privatização da Petrobrás e Calendário da Campanha

Grupo 2 – Resoluções 23 e 25 da CGPAR – efeitos sobre a AMS e Previdência

Grupo 3 – Desafios à representação sindical

26/05 – domingo

09h – Plenária Final e apreciação do Relatório da Comissão de Ética a respeito do afastamento disciplinar de dirigente da FUP

12 h - Retorno das delegações

Com informações do SINDIPETRO-RS e da FUP

Compartilhar: