Pular para o menu
1381841807

Artistas gravam vídeo denunciando o PL 4330

15 de outubro de 2013 às 09:56

FUP

As centrais sindicais e demais entidades de classe que lutam contra o Projeto de Lei 4330 ganharam a adesão de um grupo de artistas brasileiros, que estão se mobilizando nacionalmente para barrar o PL. Nesta última semana, a Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), uma das entidades que integram o Fórum Nacional de Combate à Terceirização,  começou a massificar nas redes sociais dois importantes vídeos gravados por Camila Pitanga, Wagner Moura, Dira Paes, Osmar Prado, Bete Mendes, Priscila Camargo, entre outros artistas nacionalmente conhecidos.

Nos vídeos eles alertam para os riscos do PL 4330, o qual classificam como "algo muito grave". De forma clara e direta, eles explicam o que acontecerá no Brasil em termos de trabalho, caso o projeto seja aprovado. "Imagine a escola de seu filho, os hospitais, as construtoras, todos substituindo os seus trabalhadores por profissionais com menos direitos e garantias", alertam. "Terceirização se dá quando o trabalho de alguém é vendido por intermediário que lucra com isso", explicam, informando que o PL 4330 "pretende autorizar essa prática de forma generalizada" e declaram categoricamente que "o resultado será prejudicial a todos os brasileiros, pois os trabalhadores perderão direitos e garantias, conquistados com anos de lutas".

Os artistas que participam da campanha contra o PL 4330 integram também o Movimento Humanos Direitos (MHUD), que desenvolve ações contra o trabalho escravoe outras questões que violem ou coloquem em risco os direitos humanos. Os vídeos foram realizados em uma parceria da MHUD com a Anamatra e estão sendo compartilhados por todas as entidades que seguem na luta para derrotar o projeto da escravidão, como alertam a CUT e demais centrais sindicais. Acesse aqui os vídeos e ajude a compartilhar em suas redes sociais.

Compartilhar: