Pular para o menu
1340905095
PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS

Assembleias rejeitam propostas e ratificam calendário de lutas

Sindipetro-RN propõe que prazo para que a Petrobrás apresente novo posicionamento seja antecipado para 5/7

28 de junho de 2012 às 14:38

destaque

Foto: Gilson Sá

Unanimidade nas assembleias realizadas pelo Sindipetro-RN, no decorrer da última semana: no entendimento dos trabalhadores, as propostas apresentadas pela Petrobrás para a quitação da PLR 2011 e para o regramento do pagamento das PLRs futuras não satisfazem. A categoria também ratificou o calendário de lutas defendido por representantes da entidade na última reunião do Conselho Deliberativo da FUP.


O encaminhamento define o dia 10 de julho como prazo para que a Empresa apresente propostas aceitáveis. Caso contrário, greve por tempo indeterminado, a partir de 17 de julho. Mas, se os outros sindicatos de petroleiros concordarem, os trabalhadores norte-rio-grandenses propõem a antecipação desse prazo para o dia 5 de julho, com deflagração da greve em 12 de julho.

O Sindipetro-RN já encaminhou a proposição às demais entidades representativas da base do movimento sindical petroleiro. A mobilização é fundamental para que o clamor da categoria petroleira chegue aos ouvidos da Petrobrás. Os trabalhadores consideram que a campanha da PLR deve ser negociada o mais rápido possível, a fim de que não se confunda com a campanha reivindicatória do Acordo Coletivo de Trabalho.

 Além de rejeitar as propostas da Petrobrás e de aprovar o calendário de mobilizações, os  trabalhadores também decidiram considerar-se em Assembleia Permanente. Nesta circunstância, os trabalhadores podem ser convocados a qualquer momento para decidir sobre a luta ou analisar possível nova proposta de acordo que venha a ser apresentada pelo RH da Companhia.

Compartilhar: