Pular para o menu
1298580127
Olha o cangulo aí...

Banda Independente da Ribeira desfila nesta sexta-feira

Com 13 anos de existência, Banda revitalizou carnaval de rua, resgatando a memória poética e sentimental de Natal

24 de fevereiro de 2011 às 17:42

O Grêmio Recreativo Litero-Etílico, Cultural e Esportivo Banda Independente da Ribeira faz o seu desfile oficial nesta sexta, 25 de fevereiro. A concentração tem início às 18h00, em frente ao Bar de Nazaré, no Beco da Lama, Centro Histórico de Natal. De lá, puxada por uma orquestra com 35 músicos, a agremiação parte em direção ao Largo da Rua Chile, na Ribeira.

Fundada em 1999, a Banda da Ribeira surgiu com o compromisso de respeitar a memória poética e sentimental da cidade, resgatando a tradição, a liberdade e a alegria do carnaval de rua. E, neste ano, a orquestra que dá alma a tudo isso está lançando um CD, com repertório integrado por frevos, marchinhas e peças de autores potiguares.

Tradição e modernidade – Em seus 13 anos de existência, a Banda da Ribeira incorporou algumas práticas que vão se tornando tradição, sem deixar de serem novidades. É o caso, por exemplo, do costume de convidar um artista plástico diferente, em cada temporada, para desenhar a camiseta que será utilizada pelos foliões. O principal desafio é retratar o cangulo – principal ícone da agremiação. Neste ano, a tarefa ficou a cargo de Pola Kouli.

O cangulo – tido como um peixe “de segunda” – foi adotado pela banda porque, na segunda metade do século XIX, a população proletária residente nas Rocas e na Ribeira era chamada de canguleira, ou de canguleiros, em oposição à elite que residia na Cidade Alta. Estes, por sua vez, eram chamados de “xarias”, consumidores de xaréu, um peixe mais caro.

Apoio – Para participar da folia basta apresentar seu passaporte de paz e alegria. Mas, se, além disso, você valoriza e quer apoiar o esforço de todos os que protagonizam essa iniciativa, não deixe de adquirir a camiseta ou o CD da Banda. Eles custam apenas R$ 20 cada. Outras informações podem ser obtidas pelos fones: (84) 3611.2672 ou (84) 9984.2120. 

Compartilhar: