Pular para o menu
1484754660

Campanha Salarial: Petrobrás apresenta nova proposta para Aditivo ao ACT

18 de janeiro de 2017 às 12:51

destaque

Foto: Arquivo

A Petrobrás apresentou à FUP/Sindicatos, no fim da manhã desta quarta-feira, 18, a mais recente contraproposta de Aditivo ao Acordo Coletivo de Trabalho 2015-2017. A oferta prevê reajuste nas tabelas de salário básico e da Remuneração Mínima por Nível e Regime (RMNR) em 8,57%, retroativos a setembro de 2016, o que significa reposição integral da inflação.

Além disso, a Companhia concorda em remeter a discussão sobre redução da jornada de trabalho com redução salarial para o pessoal do Administrativo, assim como a questão do pagamento de horas extras, para a Comissão Permanente de Regime de Trabalho.

O Conselho Deliberativo da Federação Única dos Petroleiros – FUP – reúne-se ainda nesta quarta-feira para apreciar a proposta da Petrobrás e deliberar sobre encaminhamentos. Já, a Diretoria do SINDIPETRO-RN tem reunião agendada para o próximo sábado, 21. Na oportunidade, o Colegiado deverá apreciar os indicativos do CD e aprovar o calendário de sessões deliberativas com a categoria petroleira norte-rio-grandense.

Ainda de acordo coma proposta da Petrobrás, as bases que assinarem o Acordo até a sexta-feira, 27 de janeiro, terão o pagamento devido no dia 8 de fevereiro. Já, as que assinarem até o dia 31, receberão no dia 10 de fevereiro. As condições propostas no Termo Aditivo têm vigência até 31 de agosto de 2017.

Veja, aqui, a contraproposta apresentada pela Petrobrás.


Compartilhar: