Pular para o menu
1313071715

CEI dos Contratos vai investigar documento envolvendo a Sejel

11 de agosto de 2011 às 11:08

Presidente da Comissão, vereadora Júlia Arruda informou que contrato de aproximadamente R$ 1 milhão foi questionado durante sessão na Câmara.

A presidente da Comissão Especial de Investigação (CEI) dos Contratos a vereadora Júlia Arruda (PSB) anunciou durante a sessão desta quarta-feira (11), na Câmara dos Vereadores que irá investigar o contrato de aproximadamente R$ 1 milhão firmado entre a Prefeitura de Natal, através da Secretaria Municipal de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel) e a empresa Oscip de Peito Aberto.

Segundo a vereadora, uma denúncia anônima havia indicado que o titular da Sejel, Rodrigo Cintra já teria ocupado a diretoria da empresa contratada. A presidente pondera que primeiro verificará a veracidade das informações para, se comprovadas, incluir na CEI.

“Estamos falando de R$ 1 milhão, que precisa ser analisado com cuidado antes de ser liberado. O contrato, por sinal, é bastante subjetivo, não fica claro qual o objeto, por exemplo”, indicou Júlia.

O contrato, firmado no dia 17 de junho, tem validade de um ano e visa contratar a empresa para cooperação técnica e financeira para o planejamento das políticas públicas de esporte e lazer do município. Além disso, a empresa também teria que elaborar o Plano Diretor da Copa de 2014 para Natal, oferecer suporte de implantação do mapa detalhamento do plano.

“Outro problema é que o contato não possui detalhamento, não chegaram os anexos e especificações”, afirmou a vereadora. Além do objetivo do convênio e da possível participação do secretário Rodrigo Cintra, Júlia Arruda afirmou ainda que o contrato com a empresa foi firmado por dispensa de licitação. “O que não parece recomendando se considerando o montante envolvido”, explica.

A denúncia do possível envolvimento do secretário Rodrigo Cintra com a empresa teria motivado também o vereador Raniere Barbosa a se pronunciar sobre o assunto durante a sessão da Câmara, solicitando que a CEI convocasse o titular para prestar esclarecimentos.

No entanto, a presidente da Comissão já sinalizou que o contrato será primeiro analisado. “Estamos na fase de estabelecer parcerias com instituições, depois iremos analisar os contratos e só em seguida passaremos para os questionamentos”, decretou Júlia Arruda.

 

Fonte: Nominuto.com

Compartilhar: