Pular para o menu
1362487390
Participação nos Lucros

Conselho da FUP reúne-se hoje para avaliar nova proposta da Petrobrás

Montante foi elevado em 6,58% com pagamento podendo ser efetuado em parcela única

05 de março de 2013 às 09:43

destaque

Foto: Arquivo

Avaliar a nova proposta de PLR apresentada pela Petrobrás e aprovar indicativo de aceitação ou rejeição para que, em seguida, a categoria possa se posicionar em assembleias nas bases. Estes são os principais pontos da pauta da reunião do Conselho Deliberativo da Federação Única dos Petroleiros – FUP, que será realizada nesta terça-feira, 5, no Rio de Janeiro. O Conselho reúne membros da Federação e representantes dos Sindicatos filiados.

Na tarde de ontem (segunda-feira, 4), conforme antecipação solicitada pela FUP, a Petrobrás apresentou uma nova proposta para o pagamento da PLR 2012. Em comparação com a oferta anterior, a empresa reajustou o valor total em 6,58%, chegando a R$ 11.724,00.  A Petrobrás também concorda com o pagamento do montante em parcela única, que seria realizado em maio, mas oferece a possibilidade de pagamento em duas parcelas, com a primeira sendo paga em março.

Com relação ao regramento do pagamento das PLRs futuras, a empresa apresentou uma proposta de calendário de negociação com início previsto até 22 de março e conclusão em 10 de maio.

Veja, a seguir, os principais pontos da proposta apresentada nesta segunda-feira... 

• Pagamento único de piso de R$ 9.876,00, mais um valor fixo de R$ 1.848,00 para os trabalhadores posicionados até o nível 457A, o que totaliza R$ 11.724,00, ou 0,96 remuneração, o que for maior. A proposta da Petrobrás é de que o pagamento seja realizado em 06 de maio, condicionado à aprovação da Assembleia Geral dos Acionistas, que está prevista para ser realizada em 15 de abril.

• Pagamento em duas parcelas: a Petrobrás propõe pagar em março a primeira parcela de R$ 5.500,00 (piso + fixo) ou 0,45 de uma remuneração. O pagamento será realizado sete dias após a assinatura do acordo. O valor proposto para a segunda parcela é de R$ 6.224,00 (piso + fixo) ou 0,51 de uma remuneração, o que for maior, com pagamento em primeiro de julho.

• PLR futura – a Petrobrás propôs um calendário para fechamento do regramento das PLRs futuras, com início previsto até 22 de março e conclusão da negociação em 10 de maio.

Compartilhar: