Pular para o menu
1490996637
Rumo à Greve Geral

Dia Nacional de Luta: SINDIPETRO-RN deu aula sobre previdência em Mossoró e participou de caminhada em Natal

31 de março de 2017 às 18:43

destaque

Foto: Arquivo

Petroleiros da Base-34 em Mossoró participam de “aula pública” sobre a reforma da previdência. O evento iniciado às 8h na base administrativa da Petrobrás em Mossoró, integra a agenda de protestos da Frente Brasil Popular nesta sexta-feira,31: Dia Nacional de Mobilização Rumo à Greve Geral, que acontece em todo o país.

De acordo com o Secretário Geral do SINDIPETRO-RN, Pedro Lúcio, a aula ministrada pela professora universitária e especialista em Previdência Social, Rivania Moura, tem como objetivo alertar a categoria sobre a retirada de direitos arduamente conquistados pela população brasileira.

“É importante que a categoria conheça o projeto de desmonte da previdência imposta pelo governo Temer que tem como objetivo: subtrair direitos e precarizar a vida do trabalhador”, destaca o Secretário.

Durante a aula, à professora esclareceu que a previdência não está “quebrada” como assim tem pregado alguns parlamentares no congresso. “O que existe é uma disputa para onde vai à arrecadação dos recursos da previdência e de que forma eles são aplicados”. Ainda confrontando argumentos, Rivania destaca que a tal “divida” da previdência nunca foi auditada por nenhum governo, “não existe números precisos que comprovem que a previdência gera gastos para união”, informa.

Ainda durante a aula, à professora destacou que é quase impossível atingir a aposentadoria integral. “A proposta é de extinção total da aposentadoria por tempo de contribuição. Existiria apenas aposentadoria por idade e a exigência de idade mínima passaria a ser de 65 anos para todas as pessoas, homens e mulheres, trabalhadores urbanos e rurais”, explica.

Petroleiros da base parabenizaram a iniciativa da diretoria do SINDIPETRO-RN, na promoção do debate. “Sabemos que lutar em defesa de direitos não é tarefa fácil, e por isso, é importante está bem informado. Parabéns a direção do sindicato pelo evento, vamos à luta!”, disse José Rodolfo, Técnico de Perfuração.

Além desse evento, a categoria de Mossoró ainda participou de dois atos ao longo do dia, um ato unificado na Praça Rodolfo Fernandes (Praça do Pax), e de um debate na Câmara Municipal sobre a reforma da previdência nos estados e municípios.  

Em Natal

Com a marcante participação do SINDIPETRO-RN, petroleiras e petroleiros deram seu grito de #ForaTemer ao participarem do ato unificado, convocado pela Frente Brasil Popular, em defesa de direitos e da Previdência Social e contra os retrocessos nos direitos trabalhistas, nesta sexta-feira, 31, em Natal.

Com a presença de trabalhadores de diversas categorias, estudantes, artistas locais, esportistas, lideranças políticas, movimentos sociais e sindicais, de mulheres e da juventude, descontruíram o argumento do governo de que há rombo no caixa da Previdência e lembraram que ao lado desta excludente proposta, Temer impõe o congelamento de investimentos públicos por 20 anos e apresenta a nefasta tentativa de reforma Trabalhista.

Na passagem do 53º aniversário do movimento que depôs João Goulart, mais cerca de 15 mil pessoas relembram as consequências de um “Golpe de Estado” e tomaram as ruas de Natal, numa das maiores manifestações de rua da capital do Estado do Rio Grande do Norte, contra o amplo pacote de ataques aos direitos trabalhistas, a flexibilização da CLT e o desmonte do Estado Social propostos pelo governo de Michel Temer (PMDB).

A mobilização teve concentração no cruzamento das Avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira, e saiu em caminhada por 3 km até a Praça da Árvore de Mirassol. Durante todo o percurso, as palavras de ordem, faixas, cartazes e artes denunciavam a tentativa de desmonte da rede de proteção social.

 

Compartilhar: