Pular para o menu
1420830374
ALTERNATIVA

Diante dos entraves para adiantamento da PLR FUP cobra pagamento em janeiro do 13º

Diante dos entraves para adiantamento da PLR,

09 de janeiro de 2015 às 16:06

destaque

Foto: Arquivo

Desde a primeira quinzena de dezembro, a FUP vem cobrando da Petrobrás informações sobre o adiantamento da PLR 2014. Nesta sexta-feira, 09, a empresa, finalmente, se reuniu com as lideranças sindicais e informou que somente após a publicação do balanço financeiro do terceiro trimestre poderá se posicionar sobre o pagamento da PLR. No entanto, segundo a Gerência de RH, ainda não há qualquer informação mais clara da Contabilidade sobre o fechamento do balanço, nem sobre resultados que serão apresentados e seus respectivos impactos no lucro.

Diante deste impasse, a FUP propôs, que a Petrobrás adiante para janeiro o pagamento da primeira parcela do 13º salário, que normalmente é feito em fevereiro. O RH responderá após levar o pleito à diretoria da Petrobrás, que reúne-se, na segunda-feira, 12.

O acordo de regramento pactuado pela FUP com a Petrobrás, em março de 2014, após quase 15 anos de luta, prevê que a empresa efetue o adiantamento da PLR utilizando a mesma metodologia utilizada nos últimos anos, que tem como princípio a comparação entre os resultados dos três primeiros trimestres do ano base e do mesmo período do ano anterior.

Mas, em função das investigações da Operação Lava Jato, a Petrobrás foi obrigada a adiar três vezes a divulgação do balanço do terceiro trimestre, que está sendo revisado pela empresa que faz a auditoria das contas. A companhia já informou que, mesmo sem a conclusão da revisão, deverá anunciar ao mercado os resultados até o dia 30, último dia útil de janeiro, atendendo, assim, ao prazo estabelecido nos seus contratos financeiros. 

 

Fonte: FUP

Compartilhar: