Pular para o menu
1393432183
RIO DE JANEIRO

Diretores do SINDIPETRO-RN participam de Encontro Internacional

Objetivo é discutir demandas da rede sindical dos trabalhadores da Petrobrás

26 de fevereiro de 2014 às 13:29

destaque

Foto: Thiago Rocha

 

O SINDIPETRO-RN participa, nesta quarta e quinta-feira,  no Rio de Janeiro, do Encontro Internacional da Rede Sindical de Trabalhadores da Petrobrás, com participação de lideranças sindicais da Argentina, Brasil, Colômbia, Curaçao, China, Nigéria, Peru e Suiça. De iniciativa da FUP, CNQ/CUT (Confederação Nacional do Ramo Químico e Petroquímico da CUT) e IndustriAll (Federação Internacional dos Trabalhadores dos Setores de Energia, Químico e Metalúrgicos).

O Encontro tem por objetivo discutir as principais demandas da Rede Sindical Internacional dos Trabalhadores da Petrobrás, promovendo a solidariedade de classes e a troca de eperiências. Representam o Sindicato, o diretor de Política Sindical e Relações Institucionais, Divanilton Pereira, e o diretor de Políticas para a Juventude Petroleira, Thiago Rocha.

Segundo o site da FUP, ao longo do dia, a programação do encontro prevê a realização de debares e, amanhã,  deve receber a visita da presidenta da Petrobrás, Maria das Graças Foster. O Evento conta coma participação, além de delegações internacionais, de representantes dos sindicatos filiados à FUP e da CNQ.

Na abertura do evento, o coordenador da FUP, João Antonio de Moraes, ressaltou a importância do encontro para o fortalecimento da Rede, que começou a ser construída há mais de dez anos para garantir o respeito às organizações sindicais e condições decentes de trabalho em todas as unidades da Petrobrás, não só no Brasil, como nos demais países onde atua.

Moraes destacou  a relevância do Acordo Global, firmado em dezembro de 2011, pela Petrobrás com a FUP e a IndustriAll (na época ICEM), em que a empresa empresa se compromete a garantir condições seguras de trabalho, responsabilidade ambiental, bem como respeito às representações sindicais nos países onde atua. “Esse acordo só se transformará de fato em um instrumento de mudanças e avanços nas relações de trabalho, se os trabalhadores se organizarem”, frisou o coordenador da FUP.

A diretora da IndustriAll, a norte-americana Carol Bruce, ratificou que a entidade tem grandes expectativas com a rede, pois é através desta organização que o Acordo Global firmado com a Petrobrás será fortalecido e poderá, de fato, se traduzir em avanços nos locais de trabalho. “Acompanhamos mais de 100 redes na IndustriAll e sabemos que essa é uma importante ferramenta para fortalecer os sindicatos na luta por melhores condições de trabalho”, destacou.

Ainda pela manhã desta quarta-feira, os representantes da Petrobrás debaterão com os delegados a atuação da empresa no Brasil e no mundo. Na parte da tarde, o Encontro enfocará a organização sindical e condições de trabalho dos petroleiros no Brasil e no mundo.

Com informações da FUP

Compartilhar: