Pular para o menu
1476189296

Divanilton Pereira é eleito para Conselho da Federação Sindical Mundial

11 de outubro de 2016 às 09:34

destaque

Foto: FSM

Os dois últimos dias do encontro sindical mundial em Durban, na África do Sul, encerrado no sábado (8), foram marcados pela reeleição do dirigente grego George Mavrikos para a presidência da Federação Sindical Mundial (FSM) e pela eleição de membros do conselho presidencial da entidade. O diretor do SINDIPETRO-RN e secretário de Relações Internacionais da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB, Divanilton Pereira, foi eleito membro do Conselho Presidencial e também integrante do Secretariado da FSM.

“Tenho muito orgulho e quero agradecer ao conjunto desta direção, e conto com todos para honrar o nome de nossa central neste novo protagonismo internacional da CTB”, disse Divanilton.

O presidente nacional da CTB, Adilson Araújo, destacou a importância do congresso para fortalecer os laços de solidariedade da classe trabalhadora de todo o mundo e da ativa participação da CTB neste processo, que agora conta com a efetiva participação de Divanilton Pereira no conselho presidencial.

“Neste momento é muito gratificante poder contar nas fileiras da direção da FSM com a indicação de um quadro valoroso da CTB”. Para Araújo, o esforço da CTB será sempre no sentido de trabalhar por uma agenda progressista e de enfrentamento à grave ofensiva neoliberal mundial:

"Vai ser muito bom somar no sindicalismo e contribuir na construção de uma agenda comum, de uma agenda que condene a crise que efetivamente crie condições para que a gente possa enfrentar o drama em que vivem milhões de trabalhadores”.

Após uma caminhada de duas horas, que partiu do centro de convenções, próximo ao mar, em direção a uma região mais central da cidade, todas as delegações chegaram ao estádio de Currie Fountain, local que é um marco da luta do povo sul-africano contra o Apartheid.

Ali foi inaugurado um monumento em homenagem à história de luta da Cosatu, central sindical sul-africana, e se realizou o encerramento formal do 17º congresso da FSM.

O presidente da Cosatu, Sdumo Dlamini, e Mavrikos fizeram seus discursos finais de agradecimento e de reafirmação das palavras e lemas de luta que marcaram a jornada. Amandla!

Confira declaração de Divanilton Pereira, eleito ao final do Congresso para o Conselho Presidencial da FSM, em https://www.youtube.com/watch?v=BZEs4LS7wWw

Acessível em: http://www.vermelho.org.br/noticia/288055-1