Pular para o menu
1357916141
Greves

ETX e Proen desrespeitam direitos e estão na mira dos trabalhadores

Assembleias serão realizadas para trabalhadores apreciarem contrapropostas de renovação do Acordo Coletivo

11 de janeiro de 2013 às 11:55

Nos próximos dias, o SINDIPETRO-RN estará realizando assembleias em todas as bases da ETX com objetivo de submeter à apreciação dos trabalhadores e trabalhadoras a última contraproposta encaminhada pela Empresa para a renovação do Acordo Coletivo. Na avaliação da direção sindical, a proposição é insatisfatória e encontra-se muito aquém do que poderia ser considerado justo.

Por essa razão, o indicativo do Sindicato é pela rejeição da proposta e deflagração de greve por tempo indeterminado, já a partir de 16 de janeiro. O posicionamento também considera que a ETX tem agredido frequentemente os direitos dos trabalhadores, com atrasos no pagamento de salários e benefícios. Isto, inclusive, explica a recente paralisação de dois dias, realizada pelos trabalhadores, que permanecem mobilizados.

Proen - Outra terceirizada que pode ter trabalhos paralisados a qualquer momento é a PROEN. A Empresa, que mantém uma sonda no Campo de Lorena, atrasou o pagamento da Cesta de Natal e da segunda parcela do 13º salário, realizado somente em cinco de janeiro. 

Compartilhar: