Pular para o menu
1550517006

FEBRAGEO repudia práticas antissindicais da direção da Petrobras

18 de fevereiro de 2019 às 16:10

destaque

Foto: Arquivo

A Federação Brasileira de Geólogos – FEBRAGEO – lançou nota pública neste domingo, 17, em que se manifesta sobre a situação imposta pela Petrobras à engenheira metalúrgica Carla Marinho e à geóloga Ana Patrícia Laier.

Profissionais com competência consagrada, ambas foram destituídas de suas atribuições de consultoras técnicas, em razão de pertencerem aos quadros de direção da entidade sindical representativa dos trabalhadores: o Sindipetro-RJ.

Para a FEBRAGEO, o ato discricionário tomado pela recém-empossada direção da Petrobras “prejudica a carreira das duas profissionais” e configura “violação à convenção nº. 98 da Organização Internacional do Trabalho – OIT”.

Além de se solidarizar com as trabalhadoras e de considerar que a medida atenta contra a liberdade de organização e contra a própria democracia, a FEBRAGEO expressa seu “repúdio e indignação”, entendendo o ato como “um ultraje contra o corpo técnico da Petrobras.

Por fim, manifestando a expectativa de que tais ações sejam revistas para o próprio bem da companhia, a FEBRAGEO indaga: Ficaremos à mercê da definição de "consultorias ideologicamente alinhadas" com cada governo federal que se eleger?

Veja, a seguir, a Nota da FEBRAGEO, na íntegra... 

 

 

Compartilhar: