Pular para o menu
1498753087
Internacionalismo

Federação Sindical Mundial solidária com a greve geral de 30 de junho

Entidade representa 92 milhões de trabalhadores e trabalhadoras em 126 países

29 de junho de 2017 às 13:18

destaque

Foto: Arquivo

Em nota publicada nesta quinta-feira, a Federação Sindical Mundial manifesta solidariedade e apoio ao Dia Nacional de Greve e Paralisações contra as reformas trabalhista e previdenciária intentadas pelo governo ilegítimo de Michel temer. Veja, a seguir, o conteúdo da manifestação.

A Federação Sindical Mundial (FSM) que é a voz militante de 92 milhões de trabalhadores e trabalhadoras em 126 países de todos os cantos do mundo reitera sua solidariedade internacionalista com a classe trabalhadora brasileira perante a sua greve geral no dia 30 de junho.

O movimento sindical classista de todo mundo está ao lado do povo e da classe trabalhadora do Brasil, que uma vez mais vai sair às ruas reivindicando e defendendo seus direitos contemporâneos, esta vez sob o lema: “Vamos parar o Brasil contra a Reforma Trabalhista, em Defesa dos Direitos e da Aposentadoria”.

A FSM, por sua parte, apoia as mobilizações e a greve geral do povo brasileiro que tenta frear a tramitação da Reforma da Previdência que o atual governo antipopular quer impor. Nos comprometemos a seguirmos com passo firme, denunciando e lutando contra cada governo burguês que queira acabar com as nossas conquistas e os nossos direitos trabalhistas adquiridos com a sangue da nossa classe.

Viva a solidariedade internacionalista!

O Secretariado da FSM

Compartilhar: