Pular para o menu
1411046609
Mais Trabalho

FSM Américas convoca classe trabalhadora para combater o desemprego

18 de setembro de 2014 às 10:23

destaque

Foto: Arquivo

Todo 3 de outubro, dia da fundação da Federação Sindical Mundial, a entidade internacionalconvoca as organizações sindicais em todos os países para organizarem manifestações em defesa dos direitos da classe trabalhadora. Neste ano, o tema central para as atividades será o combate ao desemprego que atinge milhares no mundo todo. 

Leia abaixo a convocação da FSM Américas

Nos aproximamos da celebração no dia 3 de outubro de uma nova Jornada Internacional de Ação de todas as organizações sindicais que realmente querem defender os direitos da classe trabalhadora. Este dia  estará dedicado a enfrentar o desemprego, um mal próprio de um sistema que nega o acesso a elementares meios para a subsistência dos trabalhadores e seus familiares. 

A solidariedade de classe deve também estar presente na exigência da liberdade imediata da injusta prisão à Huber Ballesteros da Fensuagro na Colômbia e Rubén Villalba do Moapa no Paraguai. Esperamos que nossas organizações filiadas e amigas concebam iniciativas que correspondam com as condições de cada lugar e aspiramos saber com antecedência para contribuir na divulgação das atividades.

Devemos ter presente que as mobilizações deste 3 de outubro devem superar todas as anteriores levando em conta que significarão o início de uma ampla jornada até a próxima comemoração em 2015 do 70º Aniversário da Federação Sindical Mundial. Devemos desenvolver em cada sindicato, federação, confederação, central sindical filiada ou amiga da FSM, um programa de atividades que comemorem este feito transcendente para o movimento sindical que luta por justas demandas. 

Ansiamos que a oportunidade seja propícia para os trabalhadores conheçam a FSM, sua história e sua ação internacionalista que debatam sobre a necessidade de desenvolver uma projeção e ação sindical classista forjando na luta novos dirigentes sindicais e se atenda com esmero às problemáticas de mulheres e jovens trabalhadores. 

Devemos propiciar que estas jornadas sirvam para refletir sobre a importância de manter ou recuperar, onde se perdeu o rumo, as tradições de luta forjadas pela FSM alheias aos "cantos da sereia" apregoados por aqueles que pretendem enganar com a ilusão de que o capitalismo pode satisfazer às nossas justas demandas entorpecendo assim a nossa capacidade de lutar.

A necessidade de enfrentar atitudes corruptas, impróprias das práticas sindicais comprometidas com os trabalhadores, que prejudicam a credibilidade dos sindicatos afetando sua capacidade de mobilização em defesa de seus interesses também devem ser objeto de valorização durante essas jornadas.

Estas atividades pelo 70 º aniversário da FSM finalizarão no próximo ano em um ato amplo, combativo e entusiasmado a ser realizado pela direção da FSM, em colaboração com a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB). Conclamamos a que trabalhemos a partir de agora para nos destacarmos nessas dignas atividades que irão nos fortalecer na convicção de que só a luta poderá nos dar o triunfo que reclamamos e merecemos.

Secretaria da Federação Sindical Mundial região América Latina e Caribe

Compartilhar: