Pular para o menu
1309272570

Funcionários da Embrapa decidem entrar em greve nesta terça-feira

28 de junho de 2011 às 11:49

Paralisação afeta unidades de todo o país

Os trabalhadores da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir desta terça-feira (28). A posição veio após assembleias em todo o país nesta segunda (27). Os funcionários, entre  pesquisadores, técnicos e funcionários de manutenção, irão promover paralisação por aumento real de salário de 10,51%.

Segundo o Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário (Sinpaf), 23 das 37 unidades optaram pela greve, com média de adesão nas assembleias de 90%. Entre as seções que aprovaram a paralisação, estão as de Dourados, Campinas e Jaguariúna, Agroindústria de Alimentos, Caprinos, Embrapa Algodão, Gado de Leite, Cerrados, Recife, Aracaju, Amazonas, Amapá e Sete Lagoas.

Somente três seções votaram pela não paralisação até agora: Agrobiologia, Bagé e Bento Gonçalves. Outras unidades, como a Soja e Florestas, irão realizar assembleias na terça. Com a paralisação, somente os serviços de manutenção operam em esquema emergencial.

Para o presidente do Sinpaf, Vicente Almeida a decisão "é exemplo de unidade e determinação da base da Embrapa na luta por seus direitos. Enquanto a empresa não acenar com um acordo satisfatório, radicalizaremos a cada dia o movimento”.

Outros pontos reivindicados são o aumento de vale-refeição e abono de férias, fim das demissões e punições arbitrárias, isonomia de direitos e garantia de representação previdenciária e implementação do controle eletrônico de ponto. Na última semana, os trabalhadores já haviam realizado greve de advertência por três dias pela falta de disposição da Embrapa em negociar.

Procurada pela Rede Brasil Atual, a assessoria de imprensa da Embrapa preferiu não se pronunciar até que haja outra reunião com a diretoria da empresa.

Fonte: Rede Brasil Atual

 

Compartilhar: