Pular para o menu
1342536932
Por uma PLR justa

Greve geral por tempo indeterminado a partir do dia 20!

Unidade de ação é fundamental para demonstrar a força da categoria petroleira e alcançar conquistas

17 de julho de 2012 às 11:55

destaque

Foto: Arquivo

A hora de preparar a greve é agora. Em todos os setores, trabalhadores e trabalhadoras devem se reunir para definir como a parada será realizada. A greve é por tempo indeterminado. Isto significa que quanto mais forte ela for, mais rápido será o desfecho. Em outras palavras, a direção da Petrobrás precisa sentir, de imediato, a insatisfação da categoria petroleira, seja nos escritórios, seja nas áreas de exploração e produção. Não é justo reduzir a participação nos lucros e resultados de quem efetivamente os produz e aumentar os dividendos dos que apenas se apropriam do trabalho alheio.

Nas assembleias realizadas no Rio Grande do Norte, os trabalhadores e trabalhadoras aprovaram a realização da greve por esmagadoras maiorias de votação, A mesma deliberação vem sendo tomada por colegas de outras bases sindicais, o que prenuncia um movimento nacional forte. Valeu a pena o esforço da direção do SINDIPETRO-RN. Compreendendo a importância da unidade de ação do movimento sindical petroleiro, os diretores da entidade lutaram para que fosse construído um calendário nacional de mobilizações, capaz de canalizar e expressar a indignação de cada trabalhador e trabalhadora.

Como resultado, petroleiros de todo o País puderam se manifestar, no último dia 9 de julho, promovendo atrasos na entrada do expediente e nos embarques, além de paralisações e protestos. E foi essa pressão das bases, articulada com a movimentação realizada pelas direções sindicais, que resultou na recente disposição da Empresa de anunciar uma nova proposta para a quitação da PLR 2011, nesta terça-feira, 17 de julho.

Neste momento, portanto, não há o que tergiversar. Independentemente do conteúdo da proposição que a Petrobrás apresentará ao movimento sindical petroleiro, o SINDIPETRO-RN submete-se à opinião majoritária de seus associados e conclama a categoria petroleira vinculada ao sistema Petrobrás a preparar a greve por uma PLR justa. A hora é agora: todos e todas à greve, até a vitória!

Compartilhar: