Pular para o menu
1400093896
Desligamento

Homologação de aposentadorias dos que aderiram ao PIDV começou nesta terça

Sindicato acompanha todo o processo que deverá envolver cerca de 400 trabalhadores

14 de maio de 2014 às 15:58

destaque

Foto: Graziella Sousa

No Rio Grande do Norte, a etapa de homologação das aposentadorias dos trabalhadores que aderiram ao Programa Incentivado de Desligamento Voluntário – PDIV da Petrobrás teve início na última terça-feira, 13 de maio. O SINDIPETRO-RN vem acompanhando todo o processo.

Dividido em quatro fases, a primeira etapa do processo aconteceu na Gerência de Serviços Compartilhados, na sede da Companhia, em Natal. Nesta oportunidade, foram realizadas vinte homologações. Vários trabalhadores que ainda não eram sindicalizados decidiram passar a contribuir com a entidade sindical.

Primeira a realizar o procedimento, Márcia Fabíola diz sair satisfeita da Petrobrás e pronta para embarcar em novos projetos profissionais, pois é arquiteta e pretende se dedicar mais à profissão. A trabalhadora, que atuava na área de segurança empresarial, afirmou pretender se sindicalizar como aposentada e participar mais das lutas desse segmento.

Já Almir Dantas de Souza considera que a indenização para a aposentadoria deveria ser maior, mas está feliz por ter cumprido seu papel dentro da Empresa, na qual trabalhou durante 33 anos. Neste momento, ele pretende dar um tempo para aliviar a pressão do trabalho e, em seguida, procurar novas atividades, juntamente com sua esposa. Almir Dantas sempre foi sindicalizado e renovou sua filiação à entidade. Nesta nova etapa da vida, buscará apoiar mais as lutas do Sindicato “apoiar e ser apoiado”, frisou. 

Com 31 anos de Petrobrás, Gilvando Gomes de Oliveira acredita que os valores referentes às indenizações deveriam ter tomado como base a vida ativa do trabalhador, levando em conta as variáveis que compõem um bom funcionário. Apesar disso, está satisfeito. Torce pelas novas gerações.

A segunda fase de homologações da primeira etapa de desligamento está agendada para o próximo dia 23 de maio e deverá envolver 40 pessoas. O SINDIPETRO-RN continuará acompanhando todo o processo para garantir que tudo ocorra dentro do esperado.

Compartilhar: