Pular para o menu
1324601026
ACIDENTE

Insegurança no trabalho faz mais três vítimas em plataforma da Petrobrás

Sindipetro-RN lamenta o falecimento de jovem petroleiro e cobra mais segurança na Petrobrás

22 de dezembro de 2011 às 21:43

Mais uma vez, o Sindipetro-RN faz o difícil papel de comunicar um acidente grave com companheiros petroleiros. Recebemos com profundo pesar a notícia sobre o desastre ocorrido, dia 26 de dezembro, na Plataforma Ubarana 3 (PUB-3) da Petrobrás (região de Guamaré), que vitimou fatalmente o técnico de segurança Aldo Dias, e deixou o mecânico Francisco Wilson Vieira e o técnico de operação Pedro Leopoldo da Silveira Neto feridos.

O acidente ocorreu durante o embarque na plataforma, quando, segundo informações, o guindaste de transbordo, após manobra brusca, teria se chocado com os alojamentos e balançado o cesto, com isso, alguns funcionários que estavam dentro do equipamento caíram de uma altura aproximada de seis metros. O mecânico Francisco Wilson conseguiu segurar em um corrimão e sofreu apenas escoriações leves, o técnico de Operação Pedro Leopoldo fraturou o fêmur e o tornozelo. Os feridos foram atendidos na enfermaria da PUB-3 e depois transferidos para mais atendimentos na PUB-2. Após os primeiros procedimentos, os dois feridos desembarcaram para acompanhamento em Natal. Aldo Dias, que não resistiu aos ferimentos, morreu por volta das 20h40 ainda na plataforma.

Muitas dúvidas ainda pairam sobre este e tantos outros casos de insegurança no trabalho, ocorridos nas dependências da Petrobrás. É difícil acreditar que uma empresa deste porte ainda tenha que usar tecnologias tão frágeis como esta que acidentou mais três trabalhadores. Também é complicado imaginar que faltem helicópteros e atendimento adequado para os trabalhadores acidentados.

É com pesar e profunda consternação que o Sindipetro-RN lamenta o falecimento do jovem petroleiro Aldo Dias, de 49 anos, após o acidente na tarde deste dia 26.

Um trabalhador que, com certeza, fará falta ao convívio de colegas do trabalho e seus entes queridos. Esperemos que esta grande perda sirva de lição, para que as empresas como a Petrobrás, valorizem quem as constrói e invista na proteção de suas vidas.

A todos seus familiares o nosso profundo pesar!

 

Assembleia realizada as 5h45 do dia 27/12, na sede da Pedtrobrás em Natal, por ocasião do embarque dos travbalhadores do Polo de GMR e das Plataformas

Compartilhar: